sexta-feira, 6 de janeiro de 2006

O Farol do Fim do Mundo (1901, 1905)


Contribua com a sua opinião acerca desta obra!

Sinopse:

Júlio Verne continua a estar nas boas graças dos leitores. (...) "Se Júlio Verne ainda é legível, isso deve-se à força mítica das suas histórias." Não admira, pois, o interesse que suscitou a descoberta de inéditos seus, nos anos 80. Para lá da ponta da Terra do Fogo, "no fim do mundo", onde se cruzam as águas de dois oceanos, o Atlântico e o Pacífico, existe uma ilha onde um farol, com três guardas encarregados de zelar pelo seu funcionamento, impede que os navios se despedacem nos recifes. Mas nessa região desabitada sobrevive um bando de piratas, ladrões de salvados, provocadores de naufrágios, assassinos sem contemplações que assaltam as embarcações nas margens inóspitas daquela ilha. Um dia o bando de Kongre chega a assassinar dois dos guardiões. O terceiro, o velho Vasquez, consegue fugir e recolhe um americano, John Davis, cujo navio foi presa de bandidos. Eles lutarão juntos contra o mal, encarnado por Kongre, esperando o reforço da armada. Trágico relato, este drama ocorreu em 1860, após a construção do primeiro farol da ilha dos estados.

Para quem quiser conhecer um pouco mais a obra, aconselha-se a leitura do artigo O farol que ilumina o fim do Mundo da revista Mundo Verne nº2.  

1 comentário:

a.l chaves disse...

Ótimo livro, todo os detalhes que Verne explana não só sobre os personagens, mas sobre todo o contexto é muito interessante e o desfecho então..., dá mais vontade de aprofundar nas obras deste grande escritor!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...