quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

"A Volta ao Mundo em 80 dias" de 1956 na TV

Comece bem o ano e não perca, sábado, dia 3, às 21h15, no canal RTP Memória (Portugal), A Volta ao Mundo em 80 dias (1956) de Michael Anderson, filme baseado na obra homónima de J. Verne.


Sinopse: Adaptação do romance de Jules Verne acerca de um nobre inglês que aposta poder dar a volta ao mundo em 80 dias, usando os modernos transportes do final do século XIX.
Um filme realizado em 1956, nos EUA, por Michael Anderson, interpretado por David Niven (Phileas Fogg), Cantinflas (Passepartout) e com a aparição do actor e dramaturgo Noel Coward no papel de Hesketh-Baggott. Do elenco fazem também parte nomes como: Shirley Maclaine, Finlay Currie, John Gielgud, Charles Boyer, Frank Sinatra, entre outros.


Não perca!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Adaptação de 'Da Terra à Lua' por Estevão Ribeiro

Acaba de ser lançada a adaptação de "Da Terra à Lua", por Estevão Ribeiro, publicada pela Desiderata, selo de quadrinhos da editora Nova Fronteira (Brasil).
Tem 80 páginas e já se encontra à venda nas melhores lojas brasileiras.

sábado, 6 de dezembro de 2014

'80 Days' é o melhor jogo lançado em 2014

2014 ainda não acabou, mas isso não quer dizer que este não seja um bom momento para se fazer uma lista dos dez melhores jogos lançados durante o ano. Ao menos é assim que pensa a renovada revista norte-americana Time, que divulgou recentemente seu top 10 com os títulos mais impressionantes que chegaram ao mercado americano nos últimos onze meses, na sua opinião.

O ranking é encabeçado por outro imaginativo título independente chamado 80 Days (iOs), baseado num dos maiores clássicos literários de todos os tempos, A Volta ao Mundo em 80 Dias, de Júlio Verne.


Veja abaixo quais foram os dez melhores games de 2014 segundo a revista Time, e diga-nos se concorda ou não com as escolhas feitas, leitor(a).

Top 10 Melhores Games de 2014 (Time
1. 80 Days
2. Alien: Isolation
3. Dark Souls II
4. Hearthstone: Heroes of Warcraft
5. Mario Kart 8
6. Middle-earth: Shadow of Mordor
7. Monument Valley
8. Shovel Knight
9. Sunset Overdrive
10. Velocity 2X

Fonte: Reinodocogumelo.com

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Entrevista a J. Verne entre as que fizeram História

A partir deste sábado, o jornal Expresso (Portugal) dá início à coleção, oferecida a todos os leitores, "Grandes Entrevistas da História".

Trata-se de uma compilação de cerca de 70 das mais célebres entrevistas publicadas na imprensa internacional e também de Portugal, ao longo de um século e meio. Júlio Verne, Salazar, Hitler, Mandela, Ayrton Senna, Obama ou Mark Zuckerberg são alguns dos entrevistados.

Para  mais informações: www.expresso.sapo.pt



Aproveitamos esta notícia para relembrar os nossos leitores que o Blog JVerne publicou, em 2008, as 6 mais importantes entrevistas realizadas a J. Verne. Não perca esta oportunidade para as (re)ler.

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

35 anos depois, eles estão de volta (Por onde andaram?)

É, provavelmente, desde o início desta minha paixão verniana, que começou nos meus 12/13 anos, que tenho estado numa aventura constante à procura intensiva pelos livros vernianos editados pela Edições António Ramos, Lda lançados no final da década de 70. Estas edições vernianas eram de bastante interesse para mim devido ao facto de ter sido a única a lançar, até hoje, obras inéditas. Inexplicavelmente, foram lançados muito poucos exemplares o que os torna raríssimos de encontrar. Muitas foram as tentativas de os tentar adquirir fosse em alfarrabistas (Br: sebos), sites de vendas ou em bibliotecas mas a verdade é que esta constante procura sempre se mostrou infortuna tendo recorrido (vou ser honesto porque ninguém nos está a ler) à sua cópia quando encontrava uma ou outra obra desta edição verniana nas diversas bibliotecas por onde passava.

Hoje, quando visitava o hipermercado Jumbo da minha cidade, Porto (Portugal), foi com bastante surpresa e muita alegria que vi à venda dezenas e dezenas de exemplares destas edições, como novos (parecem saídos da tipografia de 1978), o que sugere terem sido recentemente descobertas num qualquer armazém perdido e postas agora à venda... e por apenas 1€, pasme-se!

Como já referi, são edições, para mim, de bastante interesse. Sei que as capas são feias mas o conteúdo é extraordinário pois contém algumas obras em português que nunca foi foram editadas por outras quaisquer editoras que regularmente publicam as mais conhecidas obras vernianas seja em Portugal ou no Brasil. No entanto, chamo a atenção por alguns destes livros terem um erro na capa... o nome do autor!


Comecemos em 1978 pelo lançamento de A espantosa aventura da missão Barsac em dois volumes. Trata-se uma história póstuma (editada após a morte de J. Verne) mas modificada e finalizada pelo seu filho Michel. A versão original e inacabada por J. Verne teve o nome de Viagem de Estudos e que nunca foi lançada em português. A versão de Michel é o que de mais próximo temos a essa versão.



No mesmo ano foi lançada o coletânea de novelas Ontem e amanhã com os contos O destino de Jean Morénas; A mistificação; No século XXIX: O dia de um jornalista americano em 2889; O eterno Adão, todas novamente modificados pelo seu filho Michel. Foi também lançada nesse mesmo ano a obra O segredo de Guilherme Storitz por Michel Verne. Em 2005, foi lançada a versão original pela Editorial Notícias.


No ano seguinte, é lançada Histórias Inesperadas contendo: Mestre Zacharius ou O relojoeiro que perdeu a alma, O conde de Chanteleine, Frrit-Flacc, Gil Braltar e Aventuras da família Ratão, todos originais, escritos por J. Verne.


Em 1980, é lançado um dos livros mais ricos desta coleção denominado Antecipações e Textos Esquecidos. Trata-se de uma edição contendo Crónicas Científicas (contém uma crónica acerca do lançamento do balão "Gigante" do amigo Nadar), Estudos Literários (com um estudo sobre o Edgar Alan Poe por quem tem uma grande admiração) , Declarações e Testemunhos (contém a carta de agradecimento de J. Verne à Sociedade Dickens onde o autor mostra a sua admiração pelo escritor inglês), Impressões e Memórias (dois contos reais que ocorreram com o próprio), Antecipações (dois contos inéditos em português, um deles sobre Amiens, a sua cidade Natal) e Discursos Diversos.

 

Posteriormente, segui-se o lançamento de O Piloto do Danúbio, e em dois volumes, O Homenzinho (P’tit Bonhomme), ambos textos originais.



Fica a pergunta. Por onde andaram estes livros durante mais de 35 anos?
Só Verne para nos fazer uma surpresa destas;)

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

'Viagem ao centro da Terra' em '5 Semanas em Balão'?

Ivan Trifonov acrescentou um quinto recorde ao «Guinness World Record» depois de, supostamente, se ter tornado na primeira pessoa a completar um passeio de balão de ar quente no subsolo.

O corajoso homem de 70 anos, em associação com o turismo da Croácia, completou a façanha na caverna de Mamet, perto da costa oeste do país. A uma tarefa não foi fácil, Ivan Trifonov teve de navegar o seu balão por uma entrada com 60 metros e uma caverna subterrânea com 206 metros de profundidade.

«Esta foi uma oportunidade única na vida. Foi um projeto incrivelmente difícil. É preciso ter o balão certo, a meteorologia certa e o apoio certo. Acredito que nunca mais ninguém vai repetir isto», disse Trifonov à BBC.

Para completar a viagem subterrânea de 25 minutos, Trifnov utilizou um balão especialmente construído e dentro de uma estrutura de aço situada acima tanques de gás gémeos; ao invés da tradicional cesta.

Trifonov, que nasceu na Áustria, mas agora tem nacionalidade croata, foi o primeiro a voar num balão de ar quente sobre o Mar Mediterrâneo, em 1989, sobre o Pólo Norte, em 1996, e sobre o Pólo Sul, em 2000.

Fonte: TVI.iol.pt

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

David Fincher rompeu com a Disney por causa do elenco de 20.000 Léguas Submarinas

David Fincher revelou alguns dos motivos que o levaram a deixar o posto de diretor de 20.000 Léguas Submarinas – remake da Disney baseado no filme da própria Disney de 1954, e no livro de Júlio Verne.
O diretor havia trabalhado no projeto em 2012, escolhendo locações na Austrália, mas posteriormente acabou se desligando do filme.


Em entrevista ao site Little White Lies, Fincher disse que o problema central foi a escolha do elenco. Inicialmente, ele queria para o papel central Brad Pitt – com quem trabalhou em Seven (1994), Fight Club (1999) e O Curioso Caso de Benjamin Button (2008).

Pitt recusou o projeto, e Fincher optou por Channing Tatum. Mas a Disney preferiu Chris Hemsworth. A discórdia sobre o astro central do filme nunca se resolveu.

Mas esta não foi a primeira peleja entre Fincher e um estúdio por causa de elenco. O diretor já havia duelado com a Sony, para conseguir Rooney Mara como protagonista de Millenium: Os Homens que não Amavam as Mulheres (2011). Naquele caso, o cineasta venceu.


Fonte: Virgula.com.br

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Revista 2x10!, o projeto de quadrinhos de Sam Hart e Will

2×10! é o nome da revista conjunta de Sam Hart e Will, desenhista de As Aventuras do Capitão Nemo,  que será lançada na ComicConExperience, em São Paulo (Brasil), dezembro 2014, em comemoração dos 10 anos de carreira nos quadrinhos de cada um. Será a primeira colaboração exclusiva dos dois, que já participaram juntos de várias antologias e projetos relacionados às HQs, como a premiação HQMIX e os cursos Fanzines nas Zonas de Sampa.

A revista terá 10 páginas de quadrinhos e mais 12 páginas de material adicional de cada um, como esboços, linha do tempo e entrevista, e mais um pôster na página central. Ao todo, 48 páginas. Será em formato americano, com duas capas e leitura flip-flap (invertida em relação à outra).
Cada história de 10 páginas será INCOMPLETA e servirá de apresentação de projetos futuros, sem data certa para serem concluídos.

2×10! terá como autores convidados o renomado quadrinhista e cartunista Spacca, fazendo o roteiro da história do Will, e o roteirista Cadu Simões fazendo os diálogos e letras da história do Sam Hart.
O dinheiro vindo dessa campanha no Catarse será usado para bancar os custos de produção e distribuição da revista, como gráfica e correio.

Se atingirem a meta principal, a revista será publicada em Preto e Branco. Se conseguirem alcançar a Meta Estendida de R$ 7.500,00, será publicada em CORES. Por isso vamos apoiar os dois artistas acedendo à sua página www.catarse.me/pt/2x10


A história do Sam Hart é o Projeto Mega-Ultra Super Secreto, uma homenagem aos gibis de super-herói que líamos quando jovens e, ao mesmo tempo, o sonho de quase todo quadrinhista brasileiro de fazer um super-herói nacional. Os personagens principais são um super-herói na Amazônia, protegendo a floresta de um vilão atômico, e uma dupla de autores de quadrinhos.

A história do Will é Uma Aventura de Verne & Mauá: Mil Léguas Transamazônicas – A magnífica viagem de um banqueiro e um escritor pelo céu do Brasil!
Julio Verne e Barão de Mauá, dois gigantes do seu tempo, visionários em suas artes. Neste improvável encontro, se apresenta uma épica aventura pela inóspita, desconhecida e misteriosa Floresta Amazônica. Mesclando elementos históricos e ficcionais, um vilão malvado, invenções mirabolantes, companheiros de viagem nada convencionais, mulheres guerreiras e pedras misteriosas, são as peças que colocam nossos heróis no caminho para desvendar um enigma ancestral.

Entre na sua página no facebook e veja mais previews!

domingo, 24 de agosto de 2014

A bYfurcação Teatro apresenta a peça infantil 'A Volta ao Mundo em 80 Dias'

A bYfurcação Teatro e o Museu Nacional de História Natural e da Ciência (Lisboa) apresentam: A VOLTA AO MUNDO EM 80 DIAS.

Até 28 SETEMBRO 2014• Sábados às 16h
• Domingos às 11h e às 16h
Disponível durante a semana para escolas e grupos organizados

Sinopse:
"Philleas Fogg vai dar a volta ao mundo em 80 dias. Vai visitar os lugares mais exóticos do nosso planeta, conhecer novos povos, novas culturas. Vai viajar de comboio e de barco. E vai ser bem sucedido, vai uma aposta?"

Ficha TécnicaEncenação: Ulisses  Ceia | Interpretação: Flávia Ferreira, Gonçalo Lima, Stephanie Silva e Ulisses Ceia | Figurinos: Flávio Tomé | Cenografia e Adereços: Flávio Tomé e Manuel Moreira | Som: Diogo Oliveira | Imagem: Alex Gozblau | Assistente Produção e Frente Sala: Manuel Moreira | Produção: Ana Luísa Ribeiro


INFORMAÇÕES: Local: Museu Nacional da História Natural e da Ciência - Rua da Escola Politécnica, 56 Lisboa
Duração: cerca 60 minutos
Bilhetes: 7€ (bilhete único. A partir dos 3 anos inclusive) | 5€ para grupos superiores a 20 pessoas [mesma sessão ]

DESCONTOS
• Oferta 20% desconto aos sócios ACP Junior mediante a apresentação do cartão de sócio

Bilhetes à venda: Bilheteira do Museu | www.bilheteiraonline.pt | Agências ABEP e Alvalade | CTT | El Corte Inglês | Fnac | Worten

Informações e reservas: • Museu | 21 392 18 08
• bYfurcação | 938 109 644 | reservas@byfurcacao.pt

Importante: As reservas deverão ser levantadas na bilheteira do Museu Naciona de História Natural e da Ciência com antecedência. As reservas não levantadas até 30 minutos antes do início do espectáculo serão desbloqueadas e colocadas à venda.

O espectáculo decorre ao ar livre. Caso não se reúnam as condições meteorológicas favoráveis à boa realização do espectáculo, a bYfurcação reserva-se o direito de cancelar a sessão, salvaguardando a remarcação dos bilhetes ou respectivo reembolso. Aconselha-se a utilização de chapéus e calçado confortável.

Siga Página oficial no Facebook: facebook.com/ByfurcacaoTeatro
WWW.BYFURCACAO.PT | WWW.MNHNC.LISBOA.PT

sábado, 23 de agosto de 2014

'Frritt-Flacc' é editada pela Editora Pulo do Gato

Neste conto de Júlio Verne lançado pela Editora Pulo do Gato (Brasil), a atmosfera fantástica e misteriosa de uma cidade espremida entre o mar e o vulcão serve de pano de fundo para que o leitor acompanhe a história do avarento doutor Trifulgas.

Com um texto narrado com maestria e estilo, a fúria da natureza é representada pelas onomatopeias do vento e da chuva (Frritt e Flacc) e se mescla aos acontecimentos do enredo de forma surpreendente. As ilustrações dão um toque de fábula ao texto, que trata de temas universais como o medo da morte, a ganância, a solidariedade e a solidão.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Série 'The Extraordinary Adventures of Jules Verne' (Atualização)

O escritor francês J. Vernes foi a personalidade mais em foco pela Rai Fiction no Italian festival Cartoons 2009.

Co-produzido pela Lux Vide e Musicartoon, The Extraordinary Adventures of Jules Verne é uma série animada onde é imaginado o mundo do escritor francês enquanto jovem.


Para já fique com este vídeo promocional:



Atualização:

A série está finalmente concluída tendo já ido para o ar os 12 primeiros episódios que poderão ver clicando nos links. Farão parte da série 26 episódios:

Ep.1: South Africa
Ep.2: Nautilus
Ep.3: The Cliffs of Oban
Ep.4: Survival School
Ep.5: Moon
Ep.6: Gibraltar
Ep.7: Lands of the Czar
Ep.8: Golden Meteor
Ep.9: The Carpathians
Ep.10: Around the World
Ep.11: Charleston
Ep.12: Albatross
Ep.13: Niger River
Ep.14: Amazon River
Ep.15: The Ice Sphinx
Ep.16: Center of the Earth
Ep.17: Sahara
Ep.18: Mystery Island
Ep.19: Gulf of Bengal
Ep.20: The Black Indies
Ep.21: Great Eyry
Ep.22: Golden Mount
Ep.23: Chancellor
Ep.24: Kamylk Pascià’s Treasure
Ep.25: Steel City (I)
Ep.26: Steel City (II)

Mais informações em Lux Vide.
Fonte: Blog Jules Verne

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Filme de Cantinflas com referência a 'A Volta ao Mundo em 80 dias'

Veja aqui o trailer do filme biográfico 'Cantinflas' com referência ao seu filme de maior sucesso, e nomeado para 8 Oscars (venceu 5 estatuetas, inclusive o de melhor filme desse ano), 'A Volta ao Mundo em 80 dias' (1956) de Michael Anderson:


Com estreia nos EUA a 29 de Agosto.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Disney pensa em ’20.000 Léguas Submarinas’ para 2015

A Disney ainda não desistiu de levar aos cinemas uma nova versão do clássico ‘20.000 Léguas Submarinas‘, de J. Verne.


Originalmente, o estúdio tinha intenção de rodar o remake, com direção de David Fincher, no final de 2013, mas o orçamento milionário acabou fazendo o estúdio emperrar a produção.

Segundo o Hollywood Reporter, a Disney agora renegocia com o governo da Austrália para receber um maior incentivo fiscal e iniciar as filmagens em 2015. Anteriormente, havia sido acertado o valor de US$ 21,6 milhões, mas o estúdio busca um aumento de 30% nos incentivos fiscais.

Se aprovado, este será o maior filme já rodado na Austrália. Fincher se desligou da direção de ‘20.000 Léguas Submarinas‘ para comandar a adaptação ao cinema de ‘Gone Girl’, com Ben Affleck, mas com o novo cronograma é possível que o cineasta retome seu cargo.

Fonte: CinePop.com.br

sábado, 16 de agosto de 2014

A saga 'Journey' continua com Dwayne Johnson

Já se passaram dois anos e meio desde a estreia de Viagem 2 - A Ilha Misteriosa nos cinemas, mas agora os estúdios afirmaram que a franquia vai continuar, com pelo menos mais dois filmes. Após o sucesso da segunda produção (que arrecadou US$335 milhões no mundo inteiro, e levou 850 mil brasileiros aos cinemas), Viagem 3 e Viagem 4 começaram a contratar a equipe e o elenco.

O nome principal já está confirmado: Dwayne Johnson permanece à frente da aventura. O ator tem sido um especialista em salvar franquias, após ajudar A Múmia, G.I. Joe e Velozes & Furiosos a conseguirem melhores números nas bilheterias. No caso de Viagem, ele já tinha entrado na saga apenas no segundo episódio, substituindo Brendan Fraser, protagonista de Viagem ao Centro da Terra - O Filme (2008).

Viagem 3 e Viagem 4 serão escritos por Chad e Cary Hayes, responsáveis pela história bem-sucedida de Invocação do Mal. Já o retorno do ator Josh Hutcherson, que não tem conquistado muitos sucessos fora da franquia Jogos Vorazes, ainda precisa ser confirmado.

Animado para mais duas viagens?

Fonte: AdoroCinema.com

sábado, 2 de agosto de 2014

Sesc Taubaté apresenta “A volta ao mundo em 80 dias”

No domingo, dia 3, o Sesc Taubaté (São Paulo - Brasil) apresenta o espetáculo A volta ao mundo em 80 dias, com a Cia Articularte, às 11h.


 A companhia encena um colorido espetáculo que envolve uma dupla dinâmica e uma pulga palpiteira que têm como desafio dar a volta ao mundo em 80 dias, passando por aventuras surpreendentes.

Após a apresentação acontece a oficina Pião Artesanal, do projeto Lá em Casa, que promove ideias e alternativas para pais e filhos brincarem em casa, explorando diferentes linguagens e materiais, com construções simples de jogos e brinquedos ou receitas fáceis. Para crianças acompanhadas de responsável.

A IMAGINAÇÃO COMEÇA ÀS 11h
A volta ao mundo em 80 dias
Com Cia Articularte
Dia 3, às 11h. Grátis
Lá em Casa – Oficina: Pião Artesanal
Dia 3, às 11h30. Vagas limitadas. Grátis

Fonte: Portalr3.com.br

domingo, 27 de julho de 2014

Morreu o verniano Ronaldo Rogério de Freitas Mourão




Considerado o mais importante nome da Astronomia no Brasil, Ronaldo Rogério de Freitas Mourão, de 79 anos, morreu na noite desta sexta-feira no Hospital Quinta D'Or, em Copacabana, Rio de Janeiro, onde estava internado há uma semana.

O cientista sofrera um derrame e morreu de complicações respiratórias após apresentar um quadro de pneumonia. O astrônomo também sofria do Mal de Parkinson.

Dentre seus principais trabalhos estão estudos sobre as estrelas duplas, asteroides e cometas. Nascido em 25 de maio de 1935, no Rio de Janeiro, Mourão escreveu seus primeiros artigos na revista Ciência Popular em 1952. Em julho de 1967, foi doutorado pela Universidade de Paris.

Publicou mais de uma centena de artigos de pesquisa em revistas internacionais especializadas em Astronomia e mais de mil ensaios em livros, revistas e jornais. É autor de quase 100 livros.

 Em 16 de março de 1999, tomou posse na Academia Luso-Brasileira de Letras, na cadeira n.º 38, que tem como patrono Gregório de Matos. Em junho desse ano também foi eleito membro da Academia Brasileira de Filosofia, na cadeira n.º 41, que tem como patrono Roberto Marinho de Azevedo. Em 23 de outubro de 2001, tomou posse na Academia Brasileira de Literatura, na cadeira n.º 16, que tem como patrono Fagundes Varela. Um semana depois, tomou posse na Academia Carioca de Letras, na cadeira nº 14, que tem como patrono Pedro II.


Em maio de 1980 descobriu um asteroide, então batizado de 2590, que depois ganhou o nome de Mourão, em sua homenagem.

Ronaldo Rogério de Freitas Mourão nunca escondeu a inspiração de Verne e suas obras para sua carreira como astrônomo e escritor. Inúmeros artigos e ensaios sobre o autor são de sua autoria, nos quais Mourão revela-se um verdadeiro verniano, tal a profundidade e complexidade de seus estudos e conhecimentos sobre o tema.

Destacamos apenas três escritos do gênio recentemente falecido. O primeiro, publicado no Portal do Astrônomo, de Portugal; o segundo, sobre a influência que a obra de Verne sempre exerceu sobre cientistas de todos os gêneros, foi publicado em sua própria página na Internet. Já o terceiro é um completíssimo e impressionante trabalho - publicado em 2005 - sobre os cem anos da morte de Verne.

Descanse em Paz, amigo.

http://www.portaldoastronomo.org/tema.php?id=23

http://www.ronaldomourao.com/jornal/NewsClip/DefaultNewsShow.asp

http://ihgrgs.org.br/Contribuicoes/centenario_morte_julio_verne.htm

segunda-feira, 23 de junho de 2014

'As Aventuras do Capitão Nemo: O Navio Fantasma' pela Editora NEMO

Eu, Will Sideralman, sou um grande fã dos escritos de J. Verne e como autor de quadrinhos sempre acalentei a vontade de desenhar algo da obra desse grande escritor e visionário.

Em 2011, surgiu no Brasil a Editora Nemo, selo de quadrinhos do Grupo Autêntica, com um nome tão sugestivo e simbólico era de se esperar que em algum momento o famoso personagem verniano fosse o mote de algum projeto.

Demorou um pouco até, um ano depois foi lançada a adaptação do clássico 20.000 Léguas Submarinas. Confesso que fiquei surpreso mas muito feliz em participar deste trabalho, foi uma baita responsabilidade.

Verter os escritos de Verne para os quadrinhos ficou a cargo do João Marcos, grande amigo e um quadrinista experiente com trabalhos reconhecidos e muito apreciados, trabalhar com ele foi gratificante. Porém não parou por aí.

Em 2013, o Capitão Nemo volta em duas novas aventuras, desta vez inéditas. Dois álbuns com As Aventuras do Capitão Nemo. O primeiro, Profundezas, com roteiro de Daniel Esteves, amigão e parceiro em outros trabalhos, mostra o Náutilus avariado e preso ao fundo do mar. Nemo, ajudado por Yumalay, personagem criado exclusivamente para esta aventura, tem que livrar o submarino da sua prisão aquática ao mesmo tempo que precisam lidar com um motim a bordo da embarcação. Na segunda aventura, O Navio Fantasma!, os tripulantes do poderoso submarino se deparam com uma lenda dos Sete Mares, nada mais nada menos que o Holandês Voador. Superstição e ciência permeiam esta história, desta vez com roteiro de outro baita amigo, o talentoso Lillo Parra.

Desenhar as três HQs me fez muito contente e também acabou me deixando bem íntimo do personagem, quase como se fosse uma criação minha, agora é esperar para ver o desempenho dos álbuns, quem sabe podemos ter uma nova aventura do misterioso capitão e seu extraordinário submarino.

sábado, 21 de junho de 2014

'A volta ao mundo em 80 dias' agora em cordel

A Editora Nova Alexandria (Brasil) acaba de lançar mais um clássico, vertido para o formato popular do cordel, depois de Viagem ao Centro da Terra. Agora é a vez de A Volta ao Mundo em Oitenta Dias, de Júlio Verne, em versão de Pedro Monteiro.

A versão foi publicada na coleção Clássicos em Cordel; o autor é Pedro Monteiro, com apresentação de Marco Haurélio, o coordenador da coleção desde 2007 e as ilustrações em xilogravura são de Marcio Lopes.




Leia, a seguir, as estrofes de abertura:
Da obra de Júlio Verne
Serei fiel ao roteiro,
Nos passos de Fileas Fogg
O notável cavalheiro,
Reescrevendo a história
Deste grande aventureiro.
Contarei sua façanha
Narrada aqui em cordel.
Assim, pretendo fazer
O meu relato fiel,
Esperando que ele tenha
Um relevante papel.


Fonte: Vermelho.org.br

segunda-feira, 16 de junho de 2014

«Capitão Nemo» pode ganhar filme com os criadores de Smallville

Enquanto não sai do papel a versão da Disney para «20.000 Léguas Submarinas», a Sony Pictures está a comprar aos criadores de Smallville, Al Gough e Miles Millar, um argumento envolvendo o Capitão Nemo. 

 
 

Segundo o Hollywood Reporter, Captain Nemo oferece um novo olhar sobre o comandante do submarino Nautilus, presente em várias histórias do escritor Júlio Verne, principalmente em «20.000 Léguas Submarinas».

Joe Roth e Palak Patel, produtores de «Maléfica», supervisionam o projecto na Sony.

Fonte: Diário Digital

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Trezentos livros de J. Verne leiloados por 277.000€

Cerca de trezentos volumes das "Viagens Extraordinárias" de Júlio Verne foram leiloados esta quinta-feira na França por 277 mil euros, notificou a casa de leilões parisiense Artcurial.

Trata-se de livros impressos durante a vida do escritor pelo editor seu amigo Pierre-Jule Hetzel. Este ano, a França comemora o 200º aniversário do nascimento de Hetzel, pioneiro na ediçao de livros ilustrados, destinados para todos os leitores.

Vários lotes foram leiloados por preços que superaram significativamente a estimativa inicial. Assim, um exemplar de "A Ilha Misteriosa" foi vendido por 14,5 mil euros, enquanto seu valor inicial era de 1,5-1,8 mil euros. O romance "Hector Servadac" com uma capa rara atingiu um valor ainda maior – o livro foi comprado por 17,7 mil euros.

O lucro total obtido com o leilão superou duas vezes as expectativas dos organizadores do evento. Além disso, foram leiloados 96% dos lotes.

Fonte: Rádio Voz da Rússia

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Há 130 anos J. Verne voltou a Portugal

No dia 22 de Maio de 1884, há precisamente 130 anos, Verne volta a Portugal, depois de nos ter visitado em 1878, num cruzeiro que o levaria a Roma onde foi recebido pelo papa Leão XIII. Desta vez, em resultado de uma avaria no motor, o Saint-Michel III demora-se em Vigo e chega a Lisboa às 15h depois de ter passado pelo Cabo da Roca e pelo forte São Julião da Barra, onde registou no diário as suas observações.


Saint-Michel III

Já em terra, alugando um veículo e pago 1000 reis, deslocou-se ao consulado, onde tratou com Sr. Salva (cônsul), de assuntos referentes à sua viagem. Voltou ao seu iate, por voltas das 18.30 horas, onde jantou. Após, aproveitou para visitar a Corveta-Couraçada “Vasco da Gama” (antes da reconversão para cruzador em 1900) e o Transportador “África” lá atracados. Voltou ao seu iate para pernoitar.

No dia seguinte, levantou-se às 5.30 devido à grande agitação no porto. Partiam, para navegar a montante, pequenos barcos com grandes e inclinados mastros e altas velas.
Aproveitou a manhã para percorrer as largas ruas de Lisboa e visitar a praça Dom Pedro IV (Rossio), como também David Corazzi no seu escritório. Agora na companhia de Corazzi, foi à “Loja do Pinto” e comprou 4 toneladas de carvão e 50 litros de óleo para o seu Saint Michel.

Em seguida, dirigiram-se aos correios onde se encontrava uma carta de Honorine, sua mulher.
Voltaram a bordo do iate às 13h para almoçar lagosta e às 14h decidiram ir visitar o amigo e banqueiro Jorge O’Neill a sua casa. Conversaram e contaram histórias durante algumas horas.
Ao final da tarde, e por convite de David Corazzi, aproveitou para se encontrar de novo com Manuel Pinheiro Chagas (na altura Ministro e Secretário de Estado da Marinha) e com os escritores Salomão Saragga e Ramalho Ortigão. Este encontro foi no Hotel Braganza, no nº45 da Rua Vítor Cordon (antiga Rua do Ferragial de Cima), em Lisboa, célebre por ser também um ponto de encontro do grupo "Os Vencidos da Vida".

Hotel Braganza, no nº45 da Rua Vítor Cordon, que tive o prazer de visitar

Ramalho Ortigão fez saber a Verne que Eça de Queiroz (1845-1900), uma figura do maior prestígio nas letras portuguesas, no seu célebre romance "O Mandarim" teria feito a descrição da cidade de Pequim, e da China, baseando-se em elementos colhidos da leitura de “As Atribulações de um chinês na China". Outro conviva foi o célebre pintor Columbano Bordalo Pinheiro, que lhe ofereceu, um esplêndido prato de louça das Caldas da Rainha, representando um lagarto e outros animais. Esta curta estadia inspirou Rafael Bordalo Pinheiro que, no seu famoso e mordaz jornal "António Maria" do dia 29 de Maio, apresentou a caricatura de Júlio Verne ao tamanho da página, acompanhada do seguinte texto:

Página do "António Maria" de 29 de Maio de 1884. (clique para ver o original)

"Júlio Verne o ilustre escriptor francêz, chegou a Lisboa, jantou com David Corazzi e com outros convidados d'aquelle editor, entre elles este seu creado e foi-se. Só andando com esta pressa, póde fazer viagens à Lua no tempo que qualquer gasta em ir à Porcalhota (antigo nome da Amadora) comer coelho guisado. Que tanto elle como seu irmão Paul, façam boa viagem aos antípodas em 1 hora e ¾ e que se voltarem a Lisboa se demorem mais um bocadinho para lhe mostrarmos o jardim da Europa à beira mar plantado."

Após o jantar foram todos ao teatro e por volta das 23.30h Verne despediu-se e voltou ao seu iate onde pernoitou pela segunda vez. Como curiosidade, precisamente um anos depois do seu regresso a Portugal, o seu amigo Victor Hugo viria a falecer.

Às 6h da manhã de sábado, dia 24 de Maio, o céu estava muito nublado e o Tejo lotado de embarcações. Porém, o mar estava maravilhoso tendo sido possível atingir os 9,5 nós no seu Saint-Michel III rumo a Gibraltar.

Infelizmente Verne não tornou a voltar ao nosso país por motivos de saúde.
Para além do já citado "António Maria", outros jornais, como o "Diário de Notícias" e "Diário da Manhã" (dirigido por Pinheiro Chagas) apresentaram, no dia 24 de Maio, notícias acerca desta segunda visita de Verne ao nosso país:

"Está novamente em Lisboa este célebre romancista. Chegou ante-hontem ao Tejo no seu bello yacht a vapor, St Michel, vindo de Nantes em oito dias, tendo arribado em Vigo por ter a machina do navio soffrido uma pequena avaria."
"Passou hontem o dia em Lisboa este illustre escriptor. Chegou ante-hontem no seu yacht Saint-Michel. Às 9 horas desembarcou e foi ter com David Corazzi. Às 6 horas foram jantar cremos ao hotel Braganza, assistindo á refeição o sr. ministro da marinha (Salomão Saragga). Verne esteve fallando muito tempo com o sr. Jorge O'Neill (amigo e anfitrião de Hans Christian Andersen) e ficou tão encantado com esse cavalheiro que tenciona descrevel-o n'um dos romances que vai escrever. Julio Verne parte esta madrugada para Oran."
Informação cedida por Pedro O'Neill.

No dia seguinte, 25 de Maio, o "Diário de Notícias" e "O Século" apresentaram as notícias a seguir citadas:

"Partiu hontem de madrugada, no seu yacht St. Michel para Oran, o romancista Julio Verne. Foi-lhe offerecido na vespera um jantar no Hotel Braganza, e um dos convivas, o sr. Rafael Bordalo Pinheiro, deu-lhe um esplêndido prato de louça das Caldas, representando um lagarto e outros animaes."

"Chegou a Lisboa na quarta-feira às 9 horas da noite, arribado, por causa do mau tempo, o notavel romancista Julio Verne. Hontem foi-lhe offerecido pelo sympathico editor David Corazzi um jantar a que assistiram muitos homens de letras. Às 9 horas devia ter partido o notavel escriptor. Saudamos o illustre escriptor."

Apesar das duas visitas, as duas únicas referências a Portugal nas dezenas de livros de Verne são lugares-comuns.

Primeiro, o escritor criou uma personagem portuguesa, "pouco simpática" segundo Margot: um marinheiro, como seria de esperar. E deixou que uma outra personagem falasse d'Os Lusíadas como uma obra da literatura espanhola, jogando com o lugar-comum da rivalidade cultural luso-castelhana. Estes episódios foram contados pelo verniano suíço Jean-Michel Margot, presidente da "North American Jules Verne Society", numa conferência no Instituto Franco-Português, em Lisboa.

Em época de datas redondas, Margot aproveitou para contar um episódio original do comemorativismo português, ocorrido em 1923. Nesse ano, antecipando-se cinco anos à data correcta, a Sociedade de Geografia comemorou em Lisboa os 100 anos do nascimento de Júlio Verne. Entre os oradores, contou, terá estado o aviador português Gago Coutinho.
Hoje, o orador Margot assume uma mensagem contracorrente:

"Dizer que (Verne) previu, que foi um visionário... deixem-no ser um escritor: foi um dos melhores do século XIX."

Notas:
-nas notícias de jornal foi mantida a grafia original.
-este mesmo texto encontra-se também no site JVernePt.
-para a elaboração deste texto foi fundamental a visita a várias bibliotecas nacionais, a visita ao
Hotel Braganza (Lisboa), a compra de livros franceses aquando da minha visita à Maison Jules Verne (Amiens) e a cedência de informações do diário de J. Verne (este encontra-se na Biblioteca de Amiens numa zona com acesso restrito) por vernianos de grande renome que pediram o anonimato. Por estes motivos, é expressamente proibido a cópia parcial ou integral deste artigo sem se citar o autor do texto, Frederico Jácome, e o Blog JVernePt (www.jvernept.blogspot.com).
-o meu obrigado a Pedro O'Neill pela cedência de algumas cópias dos jornais da época obtidas pelas suas constantes visitas a bibliotecas da sua cidade.

sábado, 12 de abril de 2014

Tesouros da literatura de viagens no Museu do Oriente

O Museu do Oriente, em Lisboa, convida os mais pequenos, até 31 de maio, a conhecer alguns dos maiores tesouros da literatura de viagens e a sonhar com as grandes aventuras dos seus escritores: Júlio Verne, Fernão Mendes Pinto e Marco Polo.

No dia 3 de maio, a oficina Um giro pelo mundo leva os participantes até 1872, data em que Júlio Verne leva a personagem Phileas Fogg, um aristocrata inglês, a dar A Volta ao Mundo em 80 dias.

UM GIRO PELO MUNDO
Data: 3 maio
Horário: 15.00 às 17.00
Preço: € 5,00/participante
Público-alvo: 6-12
Participantes: Mín.10, Máx.25


Necessária marcação até 28 de abril.

Fonte: Local.pt

domingo, 2 de março de 2014

'Da Terra à Lua', de Júlio Verne, ganha edição bilíngue

Editora Landmark (Brasil) lança a obra com ilustrações originais da 1ª edição.

A obra conta a saga do Clube do Canhão, uma organização especializada em armas de fogo que, instigada por Ardan, procura formas de construir um enorme canhão para arremessar um projétil de forma cilindro-cônica à Lua. A bala, como os três membros que embarcam na aventura chamam o objeto, funciona, mas quando ela se aproxima do destino, em vez de pousar, entra em órbita. Só há mantimentos para três meses e eles não têm ideia do que fazer.

Curiosidade:

Entre as curiosidades do livro estão algumas comparações com a primeira ida real do homem à Lua, como a descrição do módulo com três astronautas e o local de partida da nave em Tampa, nos EUA, que fica a apenas 30 quilômetros de distância de onde realmente saiu a Apollo 11, cerca de cem anos depois. Outro fato curioso é que o futuro dos três astronautas de Da Terra à Lua é revelado apenas em outra obra de Verne, À Roda da Lua (1869), mas isso nada mais é do que uma ótima oportunidade de o leitor continuar embarcado no universo desse brilhante escritor.

Fonte: Correio.rac.com.br

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Festival reúne esculturas incríveis feitas com limões e laranjas na França

Na região da Riviera Francesa, artistas exibiram esculturas feitas com laranjas e limões durante o “Fete du Citron” (Festival do Limão), realizado na França.

Durante a 81ª edição do evento, que acontece até ao dia 5 de março, o tema escolhido foi a obra “Vinte Mil Léguas Submarinas”, do escritor Júlio Verne.


Foto: Valery Hache/AFP

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...