segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

'O Testamento de um Excêntrico' em português

Desde que criamos este blog que desejava dar-vos esta notícia. E hoje, dia de Natal, recebemos  melhor presente possível, a notícia do lançamento do tão aguardado 'O Testamento de um Excêntrico'!
Graças à editora brasileira CARAMBAIA, temos finalmente "o" livro que há tanto tempo esperavamos, a obra que completa as nossas colecções vernianas!

Esta obra, ainda disponível ainda em poucas línguas, (foi lançada pela primeira vez em inglês em 2009 pelo verniano Dr. Brian Taves), conta a história de William J. Hypperbone, um excêntrico milionário que vive em Chicago, que irá deixar a sua fortuna, que ascende a 60 milhões, à primeira pessoa que chegue ao final de “O nobre jogo dos Estados Unidos”.

Na sua versão do jogo, os jogadores são as fichas e o tabuleiro representa os diferentes estados da União. Os oponentes são Max Real e o seu ajudante Tommy; Tom Crabbe acompanhado do seu treinador John Milner; Hermann Titbury com a sua esposa Kate; Harris T. Kymbale; Lizzie Wag e a sua amiga Jovita Foley; Hodge Urrican auxiliado pelo seu ajudante Turk e um jogador misterioso conhecido como “XKZ”. Quem é o misterioso “XKZ”, que foi adicionado ao jogo graças a uma cláusula no testamento? O tempo e o desenrolar do jogo dirão a última palavra.

Mas porque esta obra é tão procurada pelos vernianos? Para responder a esta pergunta, temos que voltar a falar do tema Quem era J. Verne?, isto é, da suspeição de que o escritor pertencia a sociedades secretas e que havia deixado mensagens cifradas em diversas obras como esta última e Clovis Dardentor. Junta-se a isso o facto de J. J. Benitez afirmar na sua biografia de J. Verne (a única traduzida em português), Eu, Júlio Verne, através da numerologia, a importância do número 1898. Neste ano Verne publica "O Testamento de um Excêntrico" (curioso título) e é aqui onde Benitez diz ter encontrado, através de métodos de decifra e de um sistema de Da Vinci, "algo" de vital importância. No entanto, este escritor não diz o que se trata, devendo cada leitor descobrir por si.

Quem será o primeiro verniano a descobrir o segredo e divulgá-lo em primeira mão aqui no nosso blog?

------------------------------------------------------------------

O meu Muito Obrigado ao meu amigo, especialista na obra e vida verniana e colaborador do Blog JVerne, Carlos Patrício, que tornou possível a chegada do 82º exemplar desta edição ao outro lado do Atlântico. Muito obrigado meu amigo.

domingo, 19 de março de 2017

'A Volta ao Mundo em 80 Minutos' no Casino Estoril (Lisboa)

Glosando o tema de Júlio Verne em que um apostador desafia os seus adversários afirmando que consegue dar a volta ao mundo em 80 dias, no nosso espectáculo a volta será dada em 80 minutos, percorrendo todos os pontos do globo, revisitando as melodias e canções que fazem parte da memória coletiva de cada país numa narrativa iminentemente popular e abrangente a todos os gostos, onde o revivalismo se alia com a contemporaneidade num show que engloba o teatro, o cinema, a música, o bailado, a acrobacia e que irá proporcionar 80 minutos inesquecíveis a cada espectador.

A Volta ao Mundo em 80 Minutos” terá um ritmo diabólico e moderno revisitando todos os géneros musicais, da canção romântica ao rock, do fado ao rap, percorrendo a identidade e as formas de cada nação: de Portugal a Espanha, de Espanha a Inglaterra, Áustria, Rússia, Estados Unidos, México, Argentina, Brasil, não esquecendo África, Ásia, India…

A Volta ao Mundo em 80 Minutos” é um musical perfeito e completo, uma antologia das grandes músicas, imagens, sensações e sentimentos que guardamos na nossa memória com os olhos postos no futuro neste conturbado mas admirável novo mundo em que vivemos.

Com João Baião à frente de um grande elenco “A Volta ao Mundo em 80 Minutos” é a nova grande aposta de Filipe La Féria para o Salão Preto e Prata do Casino Estoril, um espectáculo diferente, divertido, alegre e com muito humor, concebido para agradar a todas as franjas de público, não só o que nos é fiel como o da mais recente geração.

Fonte: Filipelaferia.pt

quarta-feira, 1 de março de 2017

O mapa da "Ilha Misteriosa" vai a leilão

Desenhado à mão pelo próprio Júlio Verne, anotado a caneta encarnada e preta, o mapa da "Ilha Misteriosa", sinónimo de aventuras para gerações de leitores, vai a leilão amanhã em Paris.



A "ilha Lincoln", último porto do Nautilus e santuário do capitão Nemo, é um dos lugares imaginários construídos pela literatura que fazem parte do memória coletiva.

Este mapa foi desenhado em 1874 para a que muitos consideram ser a obra mais bonita de Júlio Verne (1828-1905). É o ponto alto da venda de um lote consagrado ao grande romancista francês.
A "ilha Lincoln", com a forma de uma cabeça de elefante, é um desenho com 21 x 31 cm e tem os nomes dos locais escritos em inglês. O valor está estimado entre 100 mil e 150 mil euros.
lote que vai a leilão tem um total de 166 peças que pertenceram a Éric Weissenberg, que morreu em 2012, um dos maiores colecionadores de objetos de Júlio Verne.
Entre os objetos encontram-se fotografias, cartas pessoais, originais de romances, guaches, gravuras ou posters.
Uma das fotografias é do autor das "Vinte mil léguas submarinas" com 28 anos, considerada a única e com um valor entre 5 mil e 6 mil euros.
No espólio há ainda a primeira edição ilustrada de "Cinco semanas em balão", o primeiro grande romance de Júlio Verne para os jovens. É um único exemplar conhecido da edição de bolso de 1865, Este volume contém uma fotografia de Estelle Hénin, suposta amante do escritor, datada de 1873, assinada Nadar. O livro tem um valor entre 8 mil e 10 mil euros.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

No aniversário de Verne, um presente para os fãs

Hoje, oito de fevereiro de 2017, celebramos os 189 anos de Nascimento do Grande Mestre Verne.

Uma das maiores homenagens que podemos fazer a ele é iniciar agora mesmo a leitura - ou releitura -  de uma de suas dezenas de obras literárias, e mergulhar no Universo Verniano. 

Outra, pelo menos para os fãs brasileiros de Verne, é adquirir, nas bancas de jornais de todo o país, o exemplar da Coleção de canetas-tinteiro da Editora Planeta DeAgostini que traz o nome de Júlio Verne. 

A caneta, elaborada em metal e acrílico, tem corpo e tampa cromados e translúcidos nas extremidades, evocando o casco e as cabines envidraçadas do submarino Nautilus, a mais famosa nave criada pelo gênio francês, verdadeiro protagonista de seu romance mais célebre, Vinte Mil Léguas Submarinas

Um presente para os fãs no aniversário do Mestre.






Viva Júlio Verne !


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...