segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

'Eu, Júlio Verne' de J. J. Benítez


Sei que este livro não foi editado no meu país, apenas no Brasil, mas mesmo assim merece um comentário e uma sugestão.

Trata-se da única biografia do escritor editada em língua portuguesa e foi escrita em 1988 por J. J. Benítez, autor de "Operação Cavalo de Tróia".

Falando um pouco sobre este livro, Benítez encontra afinidades misteriosas e nada casuais com Verne e confessa-se um fã incondicional do escritor. Revela factos e passagens pouco conhecidas da vida do escritor, e como eles influenciaram a sua carreira e a sua vida. Ao lermos o texto, ficamos surpreendidos com detalhes da intimidade e dos métodos de trabalho do grande escritor de obras científicas. É a trajectória sofrida de um homem sensível tolhido pela educação severa, que não conseguiu realizar seu sonho na juventude de viajar pelo mundo. Por isso escreveu as “Viagens Extraordinárias”, histórias que tanto desejou ter vivido.

A relação com o seu filho Michel reproduziu o mesmo clima de afastamento e indiferença vivido entre ele e o pai austero cujo resultado foi uma sequência de tormentos para toda a família. Isto leva-o a se refugiar cada vez mais no trabalho e nas suas histórias. Na maturidade acontece a aproximação entre pai e filho que se tornará seu colaborador. Michel, após a morte de seu pai, fará uma revisão junto a Hetzel filho, dos contratos e direitos de Verne, publicando e modificando várias histórias inéditas.

Além da biografia, Benítez desvenda mensagens cifradas nas suas obras e no seu próprio túmulo que poderá mostrar algo surpreendente.

Infelizmente esta boa biografia, única em português, deixou de ser editada no Brasil em 1990 e por isso pergunto, se não seria uma bela ideia reeditar este livro no Brasil e em Portugal, respectivamente, neste ano em que se comemora o 180º aniversário do seu nascimento.

Seria com certeza uma belíssima forma de homenagear este magnífico escritor!

3 comentários:

Frederico disse...

Porque não há nenhuma editora portuguesa que publique tal biografia...

Desculpem a linguagem mas vê-se tanto "lixo" e nunca uma publicação de um livro sobre Verne.

Era uma excelente ideia editar neste ano em que se comemora o 180º aniversário do escritor e os 130 anos da sua visita a Portugal!

Anónimo disse...

É a idéia do Pedro Bial. Escrever algo assim: Eu- George Orwell. Poderia seguir essa linha sim. Ele é professor de comunicação comparada que nem o exceléntíssimo professor Carlos Alexandre. See ya.

alvaro disse...

o livro é interessante,mas não sei se os fatos relatados por benitez são reais,pois ele diz ter achado alguns escritos de Verne,mas vale muito apena ler

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...