quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Fotos do Carnaval 2008

Já estão disponíveis no site do Trepa do Coqueiro, as fotos relativas ao Carnaval 2008 cujo tema foi foi "Júlio Verne, Uma Viagem Fantástica à volta de um Livro".


Deixo-vos aqui algumas das 141 fotos disponibilizadas:



Em cima podemos ver curiosas referências às suas mais conhecidas obras e, em baixo, o balão e o escafandro utilizados em "Cinco semanas em balão" e "20000 Léguas Submarinas", respectivamente. Podemos também reparar numa suposta planta de "espécie rara" presente no centro da Terra.


Os meus parabéns à escola TREPA NO COQUEIRO pela referência a este escritor neste ano em que se comemora, não só os 180 anos do seu nascimento, como também o 130º aniversário da sua primeira visita a Portugal.
Bem-hajam!

Para verem mais fotos da festa acedam à galeria do Trepa no Coqueiro.

sábado, 23 de fevereiro de 2008

CD Carnaval 2008 já à venda

O grupo de carnaval GRES Trepa no Coqueiro já falado aqui, e cujo tema de enredo para o Carnaval 2008 foi "Júlio Verne, Uma Viagem Fantástica à volta de um Livro", já tem o seu CD à venda.



O CD inclui a música-tema cuja letra voltamos a mostrar:


Samba Enredo Carnaval 2008

Abre o livro da imaginação………….Vem sonhar
Viver num universo de aventuras, contos e lendas
Histórias de encantar
Centro da Terra, fundo do mar
Mundos perdidos por explorar
Vejo cogumelos gigantes, o homem das cavernas,
Dinossauros fascinantes………….Maravilhas prá se admirar
E chego às 20.000 léguas submarinas
Com Nemo, capitão do Nautilus
Em busca do monstro marinho, encontrei, seres fantásticos
E nessa imensa visão, sigo a corrente e deixo me levar.
Levanto num foguete espacial
Viro astronauta e vou prá Lua viajar
Sou Trepa ontem, hoje e sempre vou-te amar
verde amarelo é minha escola a desfilar
Com Phileas Fogg eu vou voar
Vou dar a volta ao mundo num balão de ar
Com fiel amigo Passpartout……..Encontra Aúda
E se deixa apaixonar
Dos seus enredos eu ganhei meu samba-enredo
Evolução é fruto da sua visão
80 dias para dar a volta ao mundo. Só de balão……Só de balão
E para sempre essa obra intemporal
É relembrada na linguagem universal
Que vem do coração.
Viajei, mergulhei
Com Júlio Verne eu descobri
Que à volta de um livro sensacional
O Trepa no Coqueiro faz seu Carnaval
Autores da letra e música do samba de enredo:
Franklin Silva/ Raul Custódio/ Ricardo Custódio

O CD tem um custo de 2€ e pode ser adquirido no site do GRES Trepa no Coqueiro.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Journey 3D já tem trailer

Journey to the Center of the Earth 3D, nova versão cinematográfica do clássico de ficção científica de Júlio Verne (1828-1905) Viagem ao Centro da Terra, acaba de ganhar o seu primeiro trailer e um novo visual no site do filme.

A prévia, é um tanto vergonhosa... mas parece perfeita para ser exibida em cinemas 3D. Aliás, toda a intenção desse filme é explorar as possibilidades do formato digital tridimensional em detrimento do roteiro que, da história de Júlio Verne, apenas tem o título.

O roteirista D.V. DeVincentis adaptou o texto, mais voltado para o público infanto-juvenil. Brendan Fraser será um geologista que, ao lado de seu sobrinho (Josh Hutcherson), descobre mensagens escondidas no livro de Verne. Os dois desconfiam que o próprio escritor conseguiu descer ao centro da Terra - e escondeu dicas no meio do livro, como um mapa. A tentativa de solucionar a mensagem acaba levando-os a uma viagem subterrânea de mundos e criaturas nunca vistas.

O filme, produzido pela New Line Cinema e pela Walden Media, é dirigido pelo estreante Eric Brevig, vencedor de um Oscar pelos efeitos visuais de O vingador do futuro (1990). O elenco actuou diante de fundo totalmente digitalizado.


A estreia está marcada para 11 de Julho nos EUA.

Mais fotos do filme aqui no blog.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Desenhos de dois meios de transporte

O nosso amigo verniano Lucas Silva, visitante regular do nosso espaço, fez dois desenhos relacionados com as "Máquinas Maravilhosas" de Júlio Verne que passo a mostrar:


No primeiro desenho podemos ver o balão Vitória da obra "5 semanas em balão" e no segundo, o famoso Nautilus de "20000 léguas submarinas" e "A Ilha Misteriosa".

Lucas, tem 19 anos, vive em Rio de Janeiro, é autor do blog com o seu nome e um dos seus grandes interesses é ler livros de Júlio Verne.
Podem encontrar mais desenhos do autor aqui.

sábado, 9 de fevereiro de 2008

Breves - Lançamento de Verne(iana) e JV no Top7

A nave de carga «Jules Verne», o maior e mais complexo veículo espacial alguma vez construído na Europa e que levará um luxuoso livro e dois manuscritos originais do autor que lhe deu o nome, irá ser lançado pelo foguetão Ariane no dia 8 de Março às 04H25 GMT. Pesa 19,5 toneladas (da qual 7,5 toneladas de carga útil), e será o mais pesado engenho espacial lançado por um foguete Ariane.
_____________________________________________________________________

Às 18:00h de ontem na Europa, as primeiras 34 páginas do Volume 1 (2008) da VERNIANA foram disponibilizadas ao público. Este lançamento ocorreu no dia 8 de Fevereiro, 2008, comemorando o 180º aniversário de Jules Verne, e cumprindo o sonho do Dr. Zvi Har'El, seu fundador e editor-chefe.
_____________________________________________________________________

No dia 12 de Janeiro, faz hoje 5 semanas, postei no blog uma notícia sobre uma votação que ocorria no site Jesuismort.com afim de homenagear uma personalidade já falecida. Jules Verne foi colocado na 40ª posição, posição que foi baseada na sua popularidade mundial, atrás de personalidades como Adolf Hitler, Elvis Presley, Lady Diana, etc... Por isso, o seu número inicial de pontos era muitos inferior aos do já citados e de outros, desconhecidos para a maioria dos votantes, como Grégory Lemarchal e Claude Francois.
Mas os vernianos em todo o mundo uniram-se e, batendo recordes de pontos todos os dias, conseguimo-lo por no dia do seu aniversário, na 7ª posição (amealhando mais de 4.173.638 pontos em 5 semanas!) com um destaque na página principal. Foi realmente admirável tal união e por isso deixo a minha palavra de agradecimento a todos os que votaram desde o início. Bem-hajam!
Mas a votação não terminou! Vamos a votar! Acredito que Verne poderá chegar à primeira posição!

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Júlio Verne, 180 Anos!

Desde sempre, é fácil observar-se a influência da obra de Júlio Verne na formação cultural e profissional de inúmeras gerações de pequenos (e grandes) leitores que, levados pela mão do excepcional escritor e inspirados pelos feitos e conquistas de seus heróis mitológicos, tornaram-se exploradores, cientistas, engenheiros, astrônomos, aeronautas, geógrafos, geólogos, mineralogistas, oceanógrafos, biologistas marinhos, urbanistas, arquitetos, agrônomos, literatos, matemáticos, filósofos, escritores e professores das mais diversas áreas.

É gratificante constatar o incrível número de pessoas, de todas as idades e em todo o mundo, que até hoje confessam terem sido influenciados por Verne, suas idéias e, principalmente, seu ideais. Ele, ao popularizar a Ciência, tornou-a, talvez paradoxalmente a primeira vista, um bem cultural para seus leitores. O leitor de Verne é apresentado de forma extremamente prazerosa, mas não por isso menos rigorosa e eficiente, a uma espantosa quantidade de informações técnicas e científicas, cobrindo a maior parte das descobertas e dos avanços da Humanidade. Isso certamente criou um vínculo entre nossa percepção da Ciência e aquele que a ela nos apresentou.

Imagem elaborada e cedida gentilmente por Cláudio Soares autor do romance Santos Dumont Número 8 e do blog PontoLit, blog que hoje também homenageia o autor pelo seu 180º aniversário.

Ao mesmo tempo, o Homem é sempre colocado como o ápice, artífice e objeto principal desse desenvolvimento, que para nada serviria se não fosse aplicado e aproveitado para o bem de todos. Verne soube, como talvez ninguém em sua época, a fundamental importância da inteligência, da cultura, da ética e da firmeza de caráter para a personalidade do indivíduo. Nós, leitores vernianos, temos essa primazia, a de termos sido orientados por tais valores. E um eterno débito de gratidão com nosso generoso mestre.

Hoje, oito de fevereiro, comemoramos cento e oitenta anos de nascimento do nosso escritor favorito. Mais do que seus livros, o homem Verne é objeto de estudos e pesquisas hoje em dia, em vista de ser, como muitos de seus personagens, um grande e quase insondável mistério.

Verne certamente não foi um homem totalmente feliz. Apesar de vitorioso em sua profissão, que ele verdadeiramente amava, vivia pressionado por editores, pelos prazos exíguos, pela exigência do sucesso constante. Ignorado pela Academia Francesa de Letras, que nunca o acolheu entre os seus membros, cercado por um ambiente familiar degradado, vitimado por rótulos preconceituosos, acometido por doenças no fim de sua vida ... e talvez nunca tenha se realizado plenamente no Amor.

Mas ao mesmo tempo, celebrou a Humanidade e seus feitos; suas conquistas e avanços; o desenvolvimento dos povos e dos Homens; a audácia, a bravura, a nobreza de propósitos, o positivismo, a crença no amanhã. Foi precursor, visionário, inventor. Sonhou e fez sonhar com ele. E nos tornou o que somos.

Feliz aniversário, amigo.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Notificação de novas publicações

Caros vernianos, foi criada uma opção no blog que tem como utilidade, proceder ao envio de notificações para o seu email sempre que hajam notícias novas.

Blog JVernePt

Para isso, basta que se inscrevam (inserindo o vosso email) na barra lateral do blog e assim receberão um aviso no vosso email sempre que for colocada uma nova notícia.

O fórum de discussão terá agora unicamente a utilidade de responder a dúvidas, falar sobre a vida e obra do autor, etc....

Júlio Verne no Carnaval 2008 - 2ª Parte

Como já foi falado aqui no blog, Júlio Verne serviu de tema de enredo para o Carnaval 2008 do GRES Trepa no Coqueiro. "Júlio Verne, Uma Viagem Fantástica à volta de um Livro" foi um sucesso no Carnaval de Sesimbra.

Para já ainda está disponibilizada apenas uma foto mas deixo-vos a introdução do espectáculo e a letra da música samba que acompanhou o desfile:

Está aberto o livro da imaginação e das aventuras…
…para entrarem no mundo de Júlio Verne, um universo de aventuras e de conhecimentos científicos que espantou o mundo inteiro.

O sambista vai viajar num balão de ar pelo continente africano durante 5 semanas, vai até ao centro da Terra, onde vai encontrar dinossáurios, cogumelos gigantes, homens das cavernas e riquezas inigualáveis num mundo perdido.
O sambista mergulha nas profundezas do oceano, para encontrar um monstro marinho que aterroriza o mundo à superfície. Organiza-se uma expedição para ir ao encontro desse monstro tenebroso…o Nautilus.
Um submarino com a forma de um peixe metálico super equipado, numa altura em que jamais se iria imaginar, “um submarino” a percorrer os fundos marinhos.
O legado de Júlio Verne é intemporal e único, e o sambista do GRES Trepa no Coqueiro vem mostrar a universalidade e importância na leitura da sua obra pelas novas e futuras gerações.
Numa altura em que a globalização é a linguagem universal, o samba torna-se uma via de comunicação entre Homem, Verne e o mundo.

Samba Enredo Carnaval 2008

Abre o livro da imaginação………….Vem sonhar
Viver num universo de aventuras, contos e lendas
Histórias de encantar
Centro da Terra, fundo do mar
Mundos perdidos por explorar
Vejo cogumelos gigantes, o homem das cavernas,
Dinossauros fascinantes………….Maravilhas prá se admirar
E chego às 20.000 léguas submarinas
Com Nemo, capitão do Nautilus
Em busca do monstro marinho, encontrei, seres fantásticos
E nessa imensa visão, sigo a corrente e deixo me levar.
Levanto num foguete espacial
Viro astronauta e vou prá Lua viajar

Sou Trepa ontem, hoje e sempre vou-te amar
verde amarelo é minha escola a desfilar

Com Phileas Fogg eu vou voar
Vou dar a volta ao mundo num balão de ar
Com fiel amigo Passpartout……..Encontra Aúda
E se deixa apaixonar
Dos seus enredos eu ganhei meu samba-enredo
Evolução é fruto da sua visão
80 dias para dar a volta ao mundo. Só de balão……Só de balão
E para sempre essa obra intemporal
É relembrada na linguagem universal
Que vem do coração.

Viajei, mergulhei
Com Júlio Verne eu descobri
Que à volta de um livro sensacional
O Trepa no Coqueiro faz seu Carnaval

Autor do enredo: Paulo Macedo
Autores da letra e música do samba de enredo: Franklin Silva/ Raul Custódio/ Ricardo Custódio
Nº de elementos: 150
Nº de elementos da bateria: 45
Carros alégóricos: 2
Tripés: 1
Nº de alas: 10
Nº de destaques: 15
Presidente: Paulo Macedo
Porta-bandeira: Genovesa Rosendo
Mestre-sala: Eduardo Cunha
Madrinha de bateria: Soraia Cunha
Director de bateria: Ricardo Custódio

Fonte: www.trepanocoqueiro.com

O tópico será actualizado quando chegarem novas fotos.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Revista 'Mundo Verne' #3

Saiu a revista Mundo Verne nº3, em português.

Este novo número é marcado pela comemoração do 180º aniversário do nascimento do autor (1828-2008).

Além desta secção especial, poderão ler uma análise sobre o mistério na Transilvânia (O Castelo dos Cárpatos), e do novo filme 30000 Léguas Submarinas, para além das habituais cartas do escritor.

Neste número, a 2ª e última parte do suplemento "As verdadeiras aventuras do Capitão Hatteras". Este texto, escrito por William Butcher, resume as diferenças entre Hetzel e Verne aquando do acto da publicação, e revela o verdadeiro final que Verne queria dar à sua obra.

Destaque para a nota do famoso selo dedicado aos 130 anos da visita que o escritor fez a Portugal.
Mundo Verne 3

Capitão Nemo na baía de Vigo

Como prometido no tópico referente à nova estátua que descobri perto de Vigo, onde é homenageado mais uma vez Júlio Verne através da personagem Cap. Nemo, fui no passado sábado visitá-la à pequena cidade espanhola de Redondela.

Li (e comprovei pelas fotos) que a estátua se localizava relativamente perto do areal da praia. No entanto, após a percorrermos de um extremo ao outro foi-nos impossível ver tal monumento. Procuramos e nada. Decidimos então perguntar à população (fiquei surpreendido por toda a gente conhecer o Capitão Nemo) e todos apontavam para o mesmo sítio mas nada se via. Fomos então até ao limite do areal e, contra o sol, lá o conseguimos ver mas muito longe. Foi-nos então explicado que a maré estava alta e por isso nos parecia impossível de alcançar. No entanto, quando a maré está baixa, o areal é muito mais extenso sendo possível tocar-lhe, explicou-nos um dos transeuntes.
Com a ajuda da máquina fotográfica e graças ao seu excelente zoom, foi possível tirar a seguinte foto:


Podem comprovar na foto a maré-alta, porém há também um pormenor interessante de se observar. Logo por baixo da estátua, mas ainda na pedra, é nos possível ver um grande “N”. Inicial de “Nautilus” e “Nemo”!
Nemo estava lá mas, e o seu Nautilus?
Quase por acaso apercebi-me de uma placa de bronze atrás de mim. Pensei que seria com certeza de alguma informação relativamente à praia onde estaria normas como não colocar lixo, usar trela nos cães, respeite a cor da bandeira, etc… Mas numa placa de bronze?Achei bastante estranho e então fui na sua direcção.
Para minha surpresa, era uma belíssima placa de homenagem a Júlio Verne (e ao seu personagem) onde se explicava o porquê da estátua naquele local (Baía de Vigo). E….lá estava o Nautilus!


Para além da imagem em relevo do submarino, é-nos dito que “O Capitão Nemo (Ninguém em latim) e a sua tripulação do submarino Nautilus no século XIX atracaram nesta enseada de San Simon para recuperar o tesouro dos Galeões afundados em Rande, com o fim de ajudar os povos do planeta, na sua luta pela liberdade.
Mais em baixo está um excerto do capítulo VIII “A Baía de Vigo” da obra “20000 Léguas Submarinas” de Júlio Verne (1828-1905): “Estamos na baía de Vigo e compete-nos investigar-lhe os mistérios.

Ideia de Ramón Lasta e escultura de Sérgio Portela, esta efeméride foi inaugurada em 2004 pelo Presidente da Galiza Manuel Fraga Iribarne pelo 301º aniversário da batalha de Rande (Mais informações da batalha no capítulo do livro acima mencionado).


Deixo também uma foto não tirada por mim (encontrei-a na Wikipédia) da estátua quando a maré se encontra baixa. Podemos ver também os escafandros (submersos quando lá me encontrava) com alguns homens da tripulação que se iriam “ocupar de esvaziar das barricas meio podres e caixas arrombadas, as barras de ouro e prata, cascatas de piastras e de jóias” dos galeões afundados.


Mais uma estátua sobre Verne em Espanha (apenas pela referência da baía de Vigo) e em Portugal, onde permaneceu 3 dias em cada uma das duas visitas, apenas foi realizado (proposto por mim) um selo como homenagem.
É de relembrar que este ano, para além do 180º aniversário do seu nascimento, faz 130 anos que o escritor visitou Portugal pela primeira vez.

domingo, 3 de fevereiro de 2008

Morreu Zvi Har'El

Zvi Har'El faleceu a noite passada, a trabalhar no primeiro volume de Verniana (irá sair a noíticia sobre a Verniana na Revista Mundo Verne 3). Tinha 58 anos.
Nasceu com um defeito cardiaco e carregava um desfibrilador. Sabia que poderia morrer a qualquer minuto mas levava a vida com toda a felicidade, trabalhando no seu site http://jv.gilead.org.il/ com o fórum de Jules Verne.

Zvi era o professor da matemática no Technion de Israel em Haifa, a universidade técnica de Israel. Em 13 de Novembro de 1995, lançou seu Web site com o título "Zvi's Virtual Jules Verne Collection". O seu site foi elogiado duas vezes como o melhor Web site sobre Jules Verne, uma vez pelo Le Figaro de Paris e outra vez pelo The New-York Times.

O seu site com o forum é uma ligação entre todos os fãs, admiradores e especialistas de Jules Verne em todo o mundo. Zvi era também um membro honorário da sociedade norte-americana Jules Verne. (Notícia escrita por Jean-Michel Margot.)

É sem duvida uma notícia muito triste. Ainda há pouco tempo trocamos emails onde me pediu um selo português, pelo 130º aniversário da visita de Verne a Portugal, e onde me ofereci para traduzir para português a secção FAQ no seu site (que acabei por também colocar no meu).

Está agora com o seu (e nosso) mestre Jules Verne!

Que estejam os dois em paz!

sábado, 2 de fevereiro de 2008

Verne rumo ao topo

Mais uma semana passada e a operação "Presente de Aniversário - 180º Aniversário" continua um sucesso!!!

Faz hoje quatro semanas que coloquei o pedido no blog e, desde então, Jules Verne subiu 32 posições e amealhou 3.457.834 pontos, encontrando-se na 8ª posição (coincidência pois Verne festeja o seu aniversário no dia 8 deste mês)!!!

No dia de ontem foi estabelecido um novo recorde no site com 326.027 pontos num só dia para Jules Verne!

Não se esqueça de continuar a votar AQUI. Basta escolher uma carta e saberão com quantos pontos contribuiu.

Pode votar de 20 em 20 minutos por isso não perca tempo.

Precisamos da sua ajuda!

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Rua Júlio Verne, Fortaleza, Brasil

Em resposta ao tópico sobre as Ruas Júlio Verne, um amigo verniano e morador no Brasil, Jânio Kléo, descobriu uma Rua Júlio Verne na sua cidade, Fortaleza. Fica no bairro da Serrinha e é vizinha do Aeroporto Internacional Pinto Martins.


Tem um comprimento aproximadamente de 800 metros e apesar da sua proximidade ao aeroporto e à linha férrea, é bastante tranquila como poderão ver:


Esta rua tem o seu início junto à Rua Peru e é bastante interessante, pois na principal obra de Júlio Verne em que este fala do Brasil, A Jangada, a viagem inicia-se precisamente no Perú (como a rua), mais propriamente em Iquitos. Coincidência fantástica, não?

As fotos mostram a placa de informação com o nome das duas ruas:


Como eu disse uma vez, em relação à "Boulevard Jules Verne" em Amiens, e o Carlos, referindo-se à "Rua Júlio Verne" no Rio de Janeiro, esta, como nos disse o Jânio, também parece ter aquele "toque" do mestre, aquela sensação de sossego, calma, de bem-estar...

Parafraseando o Carlos no seu post, estas ruas mesmo estando no coração das suas cidades movimentadas, cheias de carros e pessoas passando de um lado para o outro, concluímos, que as ruas com o nome do escritor têm aquilo que ele fazia questão de ter, o sossego, a paz...
São sem dúvida, ruas que trazem a sua marca ...

Obrigado Jânio Kléo pelo envio destas excelentes fotos e pela sua descrição referente à Rua Júlio Verne!
Foi uma óptima contribuição para o blog.
E quem morar numa cidade com uma Rua Júlio Verne pode, também, fazer como o Jânio e enviar as suas fotos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...