quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

McDonald’s oferece '20.000 Léguas Submarinas'

A partir desta semana, os tradicionais brinquedos dão lugar a livros no McLanche Feliz (Brasil). O McDonald’s selecionou uma coleção de seis títulos assinados por autores conhecidos das crianças. Um deles é Ziraldo, representado pela publicação “Bichos E o Tempo”. Já as histórias de vida de Machado de Assis, Monteiro Lobato e Carlos Drummond de Andrade são contadas no livro “Brasileiros Geniais – Grandes escritores”.


 Além deles, a famosa obra dos irmãos Grimm, Rapunzel, também faz parte da coleção. Há ainda a possibilidade de receber “20.000 Léguas Submarinas”, escrito por Júlio Verne, que conta a expedição para encontrar um perigoso monstro marinho, e “O gato do mato e o cachorro do morro”, de Ana Maria Machado.

Fonte: MundoMarketing

domingo, 8 de fevereiro de 2015

187 anos depois, Verne continua imortal

Hoje, 8 de Fevereiro, completam-se os 187 anos do nascimento do nosso 'mestre' J. Verne (1828-1905).

Verne, parece ter atingido o que representa a impressionante escultura na sua sepultura no "Cimetiére de la Madeleine" (Amiens), criada por Albert-Dominique Roze (1861-1952): “Rumo à Imortalidade e à Eterna Juventude”.


O imortalizado Verne que compartilha as suas obras com gerações e gerações de leitores há mais de 145 anos (desde o seu primeiro livro, "Cinco Semanas em Balão", publicado em 1863), continua a ser cada vez mais objeto de leitura e pesquisas hoje em dia, arriscando-se a ser, como muitos dos seus personagens, um grande e quase insondável mistério.

O escritor francês não nos para de surpreender e tudo indica que assim continue por muitos mais anos!

Parabéns mestre!

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Caneta de colecção homenageia J. Verne

A Planeta DeAgostini lança uma extraordinária coleção de canetas que homenageia os personagens mais marcantes da cultura e da história universal, entre eles Júlio Verne!


A caneta de tinta permanente foi desde sempre um apreciado objeto de coleção aliando a elegância das suas linhas à personalidade de quem a usa em cada traço de tinta deixado sobre o papel.

A Planeta DeAgostini apresenta THE TRIBUTE COLLECTION:

• Modelos exclusivos para esta coleção
• Materiais e acabamentos de grande qualidade
• Edição para colecionadores

O complemento perfeito para a coleção só podia ser a obra CANETAS DE COLEÇÃO, um conjunto de cuidados fascículos em que irá descobrir os aspetos que fazem de cada caneta um objeto único, ao mesmo tempo que ficará a conhecer os principais traços dos personagens que inspiraram cada um dos modelos.

Uma obra imprescindível para quem deseje iniciar-se no colecionismo de canetas ou aprofundar os seus conhecimentos de história.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

«Um giro pelo mundo» sem sair do Museu do Oriente

Em 120 minutos, o Museu do Oriente, em Lisboa, desafia os mais novos a percorrerem o trilho de Phileas Fogg em «A Volta ao Mundo em 80 dias», de Júlio Verne, numa oficina que se realiza a 17 de Janeiro, sábado, às 15:00. A atividade repete no dia 31.
Dirigida a crianças entre os 6 e os 12 anos, «Um giro pelo mundo!» recria algumas das peripécias vividas pelo aristocrata inglês que apostou vinte mil libras em como conseguiria dar a volta ao mundo em 80 dias.

A atividade insere-se no ciclo «Tesouros da Literatura de Viagens», promovido pelo Museu do Oriente, que dá a conhecer, de forma lúdica e didática, algumas obras-primas deste género literário.

Tesouros da Literatura de Viagens
Oficina «Um giro pelo mundo!»
17 ou 31 de Janeiro
Horário: 15:00 às 17:00
Preço: 5€/participante
Público-alvo: 6-12 anos
Participantes: Mín. 10; Máx. 25
Necessária marcação até 12 (1ª sessão) ou 26 de Janeiro (2ª sessão).

Para inscrições, visite Museudooriente.pt.

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

"A Volta ao Mundo em 80 dias" de 1956 na TV

Comece bem o ano e não perca, sábado, dia 3, às 21h15, no canal RTP Memória (Portugal), A Volta ao Mundo em 80 dias (1956) de Michael Anderson, filme baseado na obra homónima de J. Verne.


Sinopse: Adaptação do romance de Jules Verne acerca de um nobre inglês que aposta poder dar a volta ao mundo em 80 dias, usando os modernos transportes do final do século XIX.
Um filme realizado em 1956, nos EUA, por Michael Anderson, interpretado por David Niven (Phileas Fogg), Cantinflas (Passepartout) e com a aparição do actor e dramaturgo Noel Coward no papel de Hesketh-Baggott. Do elenco fazem também parte nomes como: Shirley Maclaine, Finlay Currie, John Gielgud, Charles Boyer, Frank Sinatra, entre outros.


Não perca!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Adaptação de 'Da Terra à Lua' por Estevão Ribeiro

Acaba de ser lançada a adaptação de "Da Terra à Lua", por Estevão Ribeiro, publicada pela Desiderata, selo de quadrinhos da editora Nova Fronteira (Brasil).
Tem 80 páginas e já se encontra à venda nas melhores lojas brasileiras.

sábado, 6 de dezembro de 2014

'80 Days' é o melhor jogo lançado em 2014

2014 ainda não acabou, mas isso não quer dizer que este não seja um bom momento para se fazer uma lista dos dez melhores jogos lançados durante o ano. Ao menos é assim que pensa a renovada revista norte-americana Time, que divulgou recentemente seu top 10 com os títulos mais impressionantes que chegaram ao mercado americano nos últimos onze meses, na sua opinião.

O ranking é encabeçado por outro imaginativo título independente chamado 80 Days (iOs), baseado num dos maiores clássicos literários de todos os tempos, A Volta ao Mundo em 80 Dias, de Júlio Verne.


Veja abaixo quais foram os dez melhores games de 2014 segundo a revista Time, e diga-nos se concorda ou não com as escolhas feitas, leitor(a).

Top 10 Melhores Games de 2014 (Time
1. 80 Days
2. Alien: Isolation
3. Dark Souls II
4. Hearthstone: Heroes of Warcraft
5. Mario Kart 8
6. Middle-earth: Shadow of Mordor
7. Monument Valley
8. Shovel Knight
9. Sunset Overdrive
10. Velocity 2X

Fonte: Reinodocogumelo.com

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Entrevista a J. Verne entre as que fizeram História

A partir deste sábado, o jornal Expresso (Portugal) dá início à coleção, oferecida a todos os leitores, "Grandes Entrevistas da História".

Trata-se de uma compilação de cerca de 70 das mais célebres entrevistas publicadas na imprensa internacional e também de Portugal, ao longo de um século e meio. Júlio Verne, Salazar, Hitler, Mandela, Ayrton Senna, Obama ou Mark Zuckerberg são alguns dos entrevistados.

Para  mais informações: www.expresso.sapo.pt



Aproveitamos esta notícia para relembrar os nossos leitores que o Blog JVerne publicou, em 2008, as 6 mais importantes entrevistas realizadas a J. Verne. Não perca esta oportunidade para as (re)ler.

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

35 anos depois, eles estão de volta (Por onde andaram?)

É, provavelmente, desde o início desta minha paixão verniana, que começou nos meus 12/13 anos, que tenho estado numa aventura constante à procura intensiva pelos livros vernianos editados pela Edições António Ramos, Lda lançados no final da década de 70. Estas edições vernianas eram de bastante interesse para mim devido ao facto de ter sido a única a lançar, até hoje, obras inéditas. Inexplicavelmente, foram lançados muito poucos exemplares o que os torna raríssimos de encontrar. Muitas foram as tentativas de os tentar adquirir fosse em alfarrabistas (Br: sebos), sites de vendas ou em bibliotecas mas a verdade é que esta constante procura sempre se mostrou infortuna tendo recorrido (vou ser honesto porque ninguém nos está a ler) à sua cópia quando encontrava uma ou outra obra desta edição verniana nas diversas bibliotecas por onde passava.

Hoje, quando visitava o hipermercado Jumbo da minha cidade, Porto (Portugal), foi com bastante surpresa e muita alegria que vi à venda dezenas e dezenas de exemplares destas edições, como novos (parecem saídos da tipografia de 1978), o que sugere terem sido recentemente descobertas num qualquer armazém perdido e postas agora à venda... e por apenas 1€, pasme-se!

Como já referi, são edições, para mim, de bastante interesse. Sei que as capas são feias mas o conteúdo é extraordinário pois contém algumas obras em português que nunca foi foram editadas por outras quaisquer editoras que regularmente publicam as mais conhecidas obras vernianas seja em Portugal ou no Brasil. No entanto, chamo a atenção por alguns destes livros terem um erro na capa... o nome do autor!


Comecemos em 1978 pelo lançamento de A espantosa aventura da missão Barsac em dois volumes. Trata-se uma história póstuma (editada após a morte de J. Verne) mas modificada e finalizada pelo seu filho Michel. A versão original e inacabada por J. Verne teve o nome de Viagem de Estudos e que nunca foi lançada em português. A versão de Michel é o que de mais próximo temos a essa versão.



No mesmo ano foi lançada o coletânea de novelas Ontem e amanhã com os contos O destino de Jean Morénas; A mistificação; No século XXIX: O dia de um jornalista americano em 2889; O eterno Adão, todas novamente modificados pelo seu filho Michel. Foi também lançada nesse mesmo ano a obra O segredo de Guilherme Storitz por Michel Verne. Em 2005, foi lançada a versão original pela Editorial Notícias.


No ano seguinte, é lançada Histórias Inesperadas contendo: Mestre Zacharius ou O relojoeiro que perdeu a alma, O conde de Chanteleine, Frrit-Flacc, Gil Braltar e Aventuras da família Ratão, todos originais, escritos por J. Verne.


Em 1980, é lançado um dos livros mais ricos desta coleção denominado Antecipações e Textos Esquecidos. Trata-se de uma edição contendo Crónicas Científicas (contém uma crónica acerca do lançamento do balão "Gigante" do amigo Nadar), Estudos Literários (com um estudo sobre o Edgar Alan Poe por quem tem uma grande admiração) , Declarações e Testemunhos (contém a carta de agradecimento de J. Verne à Sociedade Dickens onde o autor mostra a sua admiração pelo escritor inglês), Impressões e Memórias (dois contos reais que ocorreram com o próprio), Antecipações (dois contos inéditos em português, um deles sobre Amiens, a sua cidade Natal) e Discursos Diversos.

 

Posteriormente, segui-se o lançamento de O Piloto do Danúbio, e em dois volumes, O Homenzinho (P’tit Bonhomme), ambos textos originais.



Fica a pergunta. Por onde andaram estes livros durante mais de 35 anos?
Só Verne para nos fazer uma surpresa destas;)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...