segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

'Eu, Júlio Verne' de J. J. Benítez


Sei que este livro não foi editado no meu país, apenas no Brasil, mas mesmo assim merece um comentário e uma sugestão.

Trata-se da única biografia do escritor editada em língua portuguesa e foi escrita em 1988 por J. J. Benítez, autor de "Operação Cavalo de Tróia".

Falando um pouco sobre este livro, Benítez encontra afinidades misteriosas e nada casuais com Verne e confessa-se um fã incondicional do escritor. Revela factos e passagens pouco conhecidas da vida do escritor, e como eles influenciaram a sua carreira e a sua vida. Ao lermos o texto, ficamos surpreendidos com detalhes da intimidade e dos métodos de trabalho do grande escritor de obras científicas. É a trajectória sofrida de um homem sensível tolhido pela educação severa, que não conseguiu realizar seu sonho na juventude de viajar pelo mundo. Por isso escreveu as “Viagens Extraordinárias”, histórias que tanto desejou ter vivido.

A relação com o seu filho Michel reproduziu o mesmo clima de afastamento e indiferença vivido entre ele e o pai austero cujo resultado foi uma sequência de tormentos para toda a família. Isto leva-o a se refugiar cada vez mais no trabalho e nas suas histórias. Na maturidade acontece a aproximação entre pai e filho que se tornará seu colaborador. Michel, após a morte de seu pai, fará uma revisão junto a Hetzel filho, dos contratos e direitos de Verne, publicando e modificando várias histórias inéditas.

Além da biografia, Benítez desvenda mensagens cifradas nas suas obras e no seu próprio túmulo que poderá mostrar algo surpreendente.

Infelizmente esta boa biografia, única em português, deixou de ser editada no Brasil em 1990 e por isso pergunto, se não seria uma bela ideia reeditar este livro no Brasil e em Portugal, respectivamente, neste ano em que se comemora o 180º aniversário do seu nascimento.

Seria com certeza uma belíssima forma de homenagear este magnífico escritor!

sábado, 26 de janeiro de 2008

Jules Verne atinge o Top15

A operação "Presente de Aniversário - 180º Aniversário" continua um sucesso!!!

Faz hoje duas semanas que coloquei o pedido no blog e, desde então, Jules Verne subiu 25 posições e amealhou 1.843.135 pontos!!!

Não se esqueçam de continuar a votar AQUI. Basta escolherem uma carta e saberão com quantos pontos contribuíram.

Podem votar de 20 em 20 minutos por isso não percam tempo.

Vamos colocar o mestre Verne na posição que ele merece!!

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Nova secção 'Artigos'

Foi aberta uma nova secção no blog, denominada 'Artigos'.

Aqui irão ser colocados todos os textos escritos relacionados com o escritor e a sua obra. Toda a gente que nos visita, e não só, está convidada a participar.

Os textos serão analisados por mim, e pelo Carlos , e colocados no blog com o vosso respectivo nome.

Participem! Enviem os vossos textos para JVerne@portugalmail.pt

sábado, 19 de janeiro de 2008

"Presente de Aniversário - 180º Aniversário"

A operação "Presente de Aniversário - 180º Aniversário" está a ser um sucesso!!!

Desde sábado, dia em que coloquei o pedido no blog, Jules Verne subiu 13 posições e amealhou mais 615553 pontos (em apenas uma semana)!!!

Não se esqueçam de continuar a votar AQUI. Basta escolherem uma carta e saberão com quantos pontos contribuíram.

Temos até dia 10 de Fevereiro (limite de dois dias após o seu aniversário) para colocarmos o escritor lá no topo!

Vamos colocar o mestre Verne na posição que ele merece!!

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Júlio Verne no Carnaval 2008

"Júlio Verne, Uma Viagem Fantástica à volta de um Livro" é o tema de enredo para o Carnaval 2008 do GRES Trepa no Coqueiro (Sesimbra).

O Trepa no Coqueiro apresentou, no dia 14 de Julho do ano passado, o seu enredo para o Carnaval 2008 numa grande festa onde reuniu sócios e amigos da Grande Família Verde e Amarela.

Uma "viagem" sobre as mais importantes viagens do grande escritor francês, considerado um visionário e aclamado mundialmente pelas suas obras cientificas e de grande conteúdo aventureiro.

O Trepa no Coqueiro promete muita fantasia e um grande desfile com grandes inovações cenográficas para o Carnaval 2008!

Os componentes muito entusiasmados com as fantasias, já se inscreveram nas alas disponíveis!

Brevemente toda a informação sobre as fantasias e enredo para o Carnaval 2008 em GRES "Carnaval 2008".

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

A colecção do Cap. Nemo...

Inspirado no livro de Júlio Verne «As Vinte Mil Léguas Submarinas», o convite para a inauguração tem o formato de um anúncio fúnebre que convoca os visitantes para uma «missa de primeiro dia e agradecimento» pelo «eterno descanso» do Capitão Nemo.

A ideia é traçar um paralelo entre a morte do Capitão Nemo e o desaparecimento da colecção de arte que se afundou com o submarino «Nautilus», que ele comandava, e «o funeral do modo de apresentação das obras de arte», explicou o artista à Lusa.

«Com o advento das novas tecnologias, a questão que coloco», diz Rodrigo Vilhena, «é se vale a pena expor obras de arte quando elas podem ser apresentadas em suporte digital».

Para expor essa ideia, o artista apropriou-se de vários quadros, entre pinturas, desenhos e colagens pertencentes ao acervo da galeria, como se escolhesse uma colecção, e fotografou-as para as projectar como «screensaver» num monitor emoldurado.

É assim que a exposição é constituída por 53 obras, de artistas portugueses modernos e contemporâneos, expostas nas paredes da galeria e por um monitor de 17 polegadas onde imagens dessas obras aparecem sucessivamente.

O «screensaver» vai passando as imagens das obras ao som da música de Gustav Mahler (1860-1911), Adagietto.

O público poderá aceder gratuitamente à colecção no site www.ogabinetedodrr.net e fazer o download do sreensaver, mas só no sábado, dia da inauguração.

No convite para a exposição, Rodrigo Vilhena agradece aos autores das obras expostas e fotografadas «terem acompanhado o Capitão Nemo até à sua última morada ou terem, de qualquer forma, manifestado o seu pesar».

Nascido em 1968, em Lisboa, Rodrigo Vilhena define-se como «um artista-comissário independente», um «mestre na arte de pensar contra si próprio» que viajou por «inimagináveis terras vazias» até se tornar um «outsider no mundo».

Mestre em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa, licenciou-se em Artes Plásticas pela Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha e foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian.

Nos anos 90 colaborou e organizou várias exposições alternativas entre Caldas da Rainha e Lisboa. Mais recentemente, a sua prática artística tem vindo a implicar um processo curatorial.

A colecção do "CAPITÃO NEMO” estará patente na Galeria de São Bento (Lisboa) de 19.01.08 a 19.02.08.

---

“Era um vasto quadrilátero, tendo dez metros de comprimento, seis de largura e cinco de altura. O tecto luminoso, enfeitado por ligeiros arabescos, distribuía uma luz clara e branda sobre todas as maravilhas amontoadas naquele museu. Era realmente um museu em que mão inteligente e pródiga havia reunido todos os tesouros da natureza e da arte nessa adorável confusão artística que distingue o atelier do pintor.”
Em “As Vinte Mil Léguas Submarinas” 1870.

---

Fonte: Diário Digital / Lusa

sábado, 12 de janeiro de 2008

Presente de aniversário

Como devem saber, este ano festejamos o 180º aniversário do nascimento do escritor. As homenagens vão sem dúvida multiplicar-se, pelo menos, esperamos que sim. Mas sabia que lhe podemos dar uma prenda de aniversário? Pois é! No site jesuismort.com (não se assustem pelo nome) encontra-se um Top de 50 celebridades já falecidas, entre elas Júlio Verne (neste momento na 40ª posição), em que podemos votar até ao dia do seu aniversário, neste caso 8 de Fevereiro.



Júlio Verne encontra-se atrás de celebridades como Adolf Hitler, e por isso precisamos do seu voto. Basta clicar no seu perfil em "améliorer son score" e depois numa das cartas para saber com quantos pontos contribuiu. É inteiramente gratuito, totalmente livre, e pode votar todos os dias! Partilhem a informação aos vossos amigos, familiares, conhecidos, etc...

Peço a todos os vernianos do mundo para darem a mão (e também fazer circular e traduzir esta mensagem), afim de lhe dar-mos o lugar que merece nesta classificação (e sobretudo evitar que seja retirado deste Top).
Seria provavelmente o mais bonito presente de aniversário que cada um de nós poderia dar-lhe.
Obrigado a todos!
Votem aqui.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Visionários - Os pais da ficção-científica

Já se encontra disponível na internet (disponibilizado pelo amigo Andrelz) o documentário "Visionários" que passou recentemente no canal Discovery.

Dividido em seis partes, cita dois grandes escritores da ficção científica, Júlio Verne e H. G. Wells, que previram o futuro e nos avisaram dos perigos que se estavam a aproximar.
Devido a eles, os conceitos de submarino, satélites de comunicações e bomba atómica surgiram muito antes que pudessem se transformar em realidade.

O vídeo faz um relato da vida fora do comum que estes incríveis visionários tiveram, revelando os segredos de sua espantosa habilidade para verem além da época em que viviam.

É realmente um excelente documentário para quer conhecer um pouco mais de Verne e Wells.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Poster e novas fotos de Journey 3D

Aí está o poster do novo filme "Journey to the Center of the Earth - 3D", baseado na obra de Júlio Verne com o mesmo nome.


Além do poster, foram disponibilizadas mais seis novas fotos com os três actores principais, Brendan Fraser, Josh Hutcherson e Anita Briem!
Numa delas, é possível vermos o actor principal, Fraser, com a obra do escritor nas suas mãos, talvez à procura de qualquer pista que o leve ao centro da Terra visto que as personagens do filme desconfiam que o próprio escritor conseguiu descer ao centro da Terra e escondeu dicas no seu livro, como um mapa.





Tem a sua estreia marcada para dia 11 de Julho de 2008 nos EUA.

Fonte: WPreviews

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

"Jules Verne" no espaço em Fevereiro

A nave de carga «Jules Verne», o maior e mais complexo veículo espacial alguma vez construído na Europa e que levará um luxuoso livro e dois manuscritos originais do autor que lhe deu o nome, irá ser lançado pelo foguetão Ariane na «segunda quinzena de Fevereiro», segundo anunciou o director-geral da Arianespace, Jean-Yves Le Gall.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Fresco de Júlio Verne em Nantes

Embora não tenha ocorrido em terras lusófonas, decidi partilhar com vocês um fresco de Júlio Verne pintado numa edifício na sua cidade de infância e juventude, Nantes.

Este fresco foi concluído no final do ano e tem por tema o seu nome. Foi realizado sobre uma parede de um edifício na rue de l'Échelle perto da rue de l'Arche-Sècheda.



Jean-Yves Jodeau, pintor de murais em Nantes escolheu retratar Jules Verne na sua cidade natal, cidade que o famoso escritor evoca nas suas lembranças de infância e de juventude. O artista decidiu inserir adicionar as máquinas imaginárias e maravilhosas de Jules Verne, pois permite também evocar a sua obra romancista.
"O muro de antemão é preparado com um revestimento à cal. O fresco cobre toda a superfície do muro de um comprimento de catorze metros por doze de largura.", referiu o artista. Esta frase foi retirada de um artigo de 27 de Novembro de 2007 onde concluía que "os traçados devem começar em breve e o fresco deverá estar terminado no início do ano próximo."
Felizmente o mural ficou terminado antes, o que reforça quando dizemos que "Jules Verne esteve sempre à frente do seu "tempo"".
Até aqui se provou...ehehe!

Fonte: Presse Océan

sábado, 5 de janeiro de 2008

Júlio Verne vs. J. K. Rowling

Neste Natal, muitos jovens receberam o último livro de Harry Potter, réplicas do feiticeiro, jogos com as personagem dos livros, os filmes, etc....mas poucos, se não mesmo nenhum, receberam um livro de Verne.

É certo! Os livros de Júlio Verne foram substituídos, pelo menos em Portugal, pelos livros de J. K. Rowling. Mas porquê?

Júlio Verne foi de facto o primeiro escritor a dirigir-se expressamente à juventude com as suas Viagens Extraordinários por Mundos Conhecidos e Desconhecidos, mas a juventude actual mudou muito: hoje há a televisão, o cinema, a Internet, ou seja, há outras narrativas, outras mitologias. Mas será esta a razão?

O lado universalista de Harry Potter da amizade entre personagens de línguas diferentes, que é muito ingénuo e muito comovente, ainda tem muito valor. Além do mais, tem o lado fantástico, do impossível; tem os poderes que as crianças desejavam ter (qual a criança que não gostava de se tornar invisível, voar, aprender magia?) e tem amor! São histórias do futuro! As histórias de Júlio Verne são histórias do passado apesar de há um século serem histórias do futuro. Ir à Lua, viajar de submarino, dar a volta ao Mundo já é possível hoje em dia e estou certo que isto já não desperta a curiosidade das novas gerações ao contrário dos livros de Rowling. Mas ler Verne será apenas isto? Com certeza que não. Ler Verne não é só viajar, é também aprender através da ciência (química, física, astronomia, etc); é conhecer novos povos, culturas, países e continentes; é transmitir-nos capacidade de sobrevivência, de força, e não de desistência. As obras de Verne transmitem isto e muito mais que só podemos aprender lendo, mas as Rowling não.

Sinceramente para mim, pouco mais se aprende das obras do feiticeiro do que do acima citado. Alias, o mundo Harry Potter despreza o mundo dos homens e o mundo dos bruxos e feiticeiros é glorificado; é um assalto às novas gerações, seduzindo-as totalmente para um mundo de bruxas e feiticeiros onde o mal reina; Hogwarts, a escola de magia e bruxaria, é um mundo fechado de violência e horror, de maldições e de bruxaria, de ideologia racista, de sacrifícios sangrentos, de repugnância e obsessão; e para finalizar, Harry Potter é um plano global a longo prazo para mudar a cultura onde as novas gerações as inibições contra a magia e o ocultismo estão a ser destruídas.

Como disse, pouco de bom vejo nas histórias de Rowling mas de facto é que Harry Potter ganhou a Verne!

Agora me lembro. Há outra coisa que há em Harry Potter e não nas Viagens Extraordinárias. As personagens de Verne comem, dormem, vão ao fundo do mar, chegam à lua, dão a volta ao mundo, mas nunca fazem amor. Não há sexo, não há paixão!

Será por causa disso?

terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Citröen... Nemo

A Citröen, marca de automóveis francesa, fabricou um novo modelo.
É um utilitário e chama-se Citröen Nemo como homenagem a Verne e à sua principal personagem, Capitão Nemo (20000 Léguas Submarinas).



Passa a ser o comercial ligeiro mais pequeno da marca, claramente vocacionado para o trânsito da cidade e que procura dar melhor resposta às crescentes exigências das pequenas empresas.

A chegada ao mercado português da versão utilitária do Nemo está agendada para finais de Fevereiro de 2008.

Num tom de brincadeira, será este o veiculo terrestre do Cap. Nemo?

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...