quarta-feira, 1 de março de 2017

O mapa da "Ilha Misteriosa" vai a leilão

Desenhado à mão pelo próprio Júlio Verne, anotado a caneta encarnada e preta, o mapa da "Ilha Misteriosa", sinónimo de aventuras para gerações de leitores, vai a leilão amanhã em Paris.



A "ilha Lincoln", último porto do Nautilus e santuário do capitão Nemo, é um dos lugares imaginários construídos pela literatura que fazem parte do memória coletiva.

Este mapa foi desenhado em 1874 para a que muitos consideram ser a obra mais bonita de Júlio Verne (1828-1905). É o ponto alto da venda de um lote consagrado ao grande romancista francês.
A "ilha Lincoln", com a forma de uma cabeça de elefante, é um desenho com 21 x 31 cm e tem os nomes dos locais escritos em inglês. O valor está estimado entre 100 mil e 150 mil euros.
lote que vai a leilão tem um total de 166 peças que pertenceram a Éric Weissenberg, que morreu em 2012, um dos maiores colecionadores de objetos de Júlio Verne.
Entre os objetos encontram-se fotografias, cartas pessoais, originais de romances, guaches, gravuras ou posters.
Uma das fotografias é do autor das "Vinte mil léguas submarinas" com 28 anos, considerada a única e com um valor entre 5 mil e 6 mil euros.
No espólio há ainda a primeira edição ilustrada de "Cinco semanas em balão", o primeiro grande romance de Júlio Verne para os jovens. É um único exemplar conhecido da edição de bolso de 1865, Este volume contém uma fotografia de Estelle Hénin, suposta amante do escritor, datada de 1873, assinada Nadar. O livro tem um valor entre 8 mil e 10 mil euros.

3 comentários:

Carlos Patricio disse...

Que notícia incrível! Já pensaram nas raridades que devem fazer parte deste leilão? Fiquei curioso para saber mais detalhes dos objetos citados, particularmente a foto de Verne aos 28 anos e "os originais de romances, guaches, gravuras e posters"... verdadeiros tesouros!

Tenho uma edição de "A Ilha Misteriosa" em que aparece o famoso mapa da Ilha Lincoln... mas não sabia que havia sido desenhado pelo próprio Verne! Fantástico... fez-me lembrar da famosa primeira página do original para "Da Terra à Lua", onde Verne também fez ilustrações do satélite natural da Terra e do gigantesco canhão utilizado na viagem, entre outras.

Yasmin Andrade disse...

Olá!Acabei de chegar nesse maravilhoso mundo de Júlio Verne,e gostaria que me desse algumas dicas de livros e versões,pois existem inúmeras.Desde já,muito obrigada.

Carlos Patrício disse...

Olá Yasmin! Bem-vinda então ao "maravilhoso mundo de Júlio Verne"! Prepare-se para emoções e surpresas, além de muita Ciência, Conhecimento... e Literatura em grande estilo!

É verdade, existem muitas versões e edições para as histórias vernianas. Uma dica é você explorar, aqui mesmo, os tópicos "Lançamento de Livros" e "Crítica das Obras", onde há várias dicas valiosas.

Existem versões mais simplificadas dos textos, como as edições de Ediouro, da Escala e as muitas adaptações para quadrinhos.

Pra quem faz questão dos textos originais, há aquela coleção da RBA, com capa dura em couro sintético e detalhes dourados, ilustrada com as gravuras das edições originais francesas e preço atraente, que era vendida em bancas de jornal, uns anos atrás. Ainda se encontram exemplares a venda em bancas especializadas nas grandes metrópoles (São Paulo, Rio de Janeiro etc).

E mais recentemente a editora Zahar lançou edições caprichadas, com texto original, capa dura, acabamento de luxo e cheia de extras como notas e ilustrações, glossário de termos técnicos, cronologia de vida e obra de J. Verne e um revelador texto de apresentação do autor. Já foram lançados "Vinte Mil Léguas Submarinas", "Viagem ao Centro da Terra" e "A Ilha Misteriosa", ou seja, a Santíssima Trindade entre as obras de Verne. Imperdíveis, Yasmin! Talvez o ideal fosse mesmo começar por essas maravilhas, não acha?

Boa leitura!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...