segunda-feira, 20 de julho de 2009

'Da Terra à Lua' há 40 anos

Hoje teremos que falar, obrigatoriamente, de J. Verne, H.G. Wells, Edgar Allan Poe, Arthur C. Clarke e outros tantos escritores que, com a sua imaginação, prepararam o lançamento da Apollo 11, viagem que acabaria por levar o Homem à Lua (40 anos - 20/07/1969 - 20/07/2009)!

Aprecio o facto de haver homens e mulheres extraordinários, e momentos extraordinários, em que a história avança, graças a eles. O que pode ser imaginado, pode ser realizado. Devemos-nos atrever a sonhar. Mas não há substituto para a preserverança e o trabalho árduo, e o trabalho de equipa. Porque ninguém chega lá sozinho. E enquanto comemoramos a grandeza destes acontecimentos e os indivíduos que os realizam, não podemos esquecer o sacrifício daqueles que tornaram esses acontecimentos e avanços possíveis!
Obrigado a eles todos!



Deixo-vos uma reportagem do canal francês, TF1, sobre este tema. Um dos convidados é Jean-Paul Dekiss, Diretor da Maison Jules Verne em Amiens, que se encontra sentado na cadeira da sala de estudo de J. Verne:


Texto escrito por Carlos Patrício.

1 comentário:

André Hilton disse...

É por isso que há uma cratera na Lua chamada Júlio Verne. Só o que me atormenta é saber que hoje em dia não há escritores como ele que, sozinhos, enxergam o futuro. O que substitui a literatura nesse aspecto é o cinema. Hoje em dia, o homem ainda sonha bastante com viagens por enquanto não-possíveis, como as interestelares, que são tema de muitos filmes.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...