sábado, 27 de agosto de 2011

Les tribulations d'un... chinês na China

Abdalan da Gama presenteia-nos com mais um magnífico trabalho de alinhamento em Francês-Português de uma obra verniana em formato e-book.

Depois de "A Volta Ao Mundo Em 80 Dias - Le Tour Du Monde in 80 Jours" e "Viagem ao centro da Terra - Voyage au centre de la Terre", "A Esfinge Dos Gelos - Le Sphinx Des Glaces", chega-nos desta vez a obra "As Atribulações De Um Chinês Na China - Les tribulations D'un Chinois en Chine".

Deixa-vos a sinopse da obra escrita pelo nosso colaborador Carlos Patrício:

Kin-Fo é um homem jovem, saudável, extremamente rico e profundamente entediado. Nem o casamento próximo com a bela Le-U o anima, o que leva seu amigo inseparável, o filósofo Wang, a acusá-lo de não ter passado por provações na vida, nem ter sentido a infelicidade, o desconforto ou a desgraça, e por isso não dar valor à real Felicidade.

Porém, uma notícia inesperada dá conta de que sua fortuna foi perdida com a falência do banco americano onde estava depositada.
Kin-Fo assina então um contrato numa Companhia de Seguros, cuja apólice beneficiaria Le-U e Wang no caso de sua morte (a qual ele planeja, com intuito de dar um último alento - e uma pequena fortuna - aos dois).
Em nome de sua infinita amizade, força Wang a se comprometer com ele em cumprir a missão de matá-lo, até o dia final do contrato de seguro de vida. Para isso, assina uma carta onde exime o portador de toda a culpa, assumindo sozinho a responsabilidade por seu ato.
Quando Wang desaparece, começa o desconforto de Kin-Fo, que aumenta quando ele recebe a notícia de que sua fortuna estava salva, e não perdida. Ele resolve atravessar a China tentando evitar de ser morto por seu até então melhor amigo (mas agora com muito dinheiro para ganhar com sua morte) antes que o contrato expire.
O desconforto de Kin-Fo cresce de forma insuportável quando ele recebe uma nota de Wang dizendo não ter reunido coragem para cumprir a promessa feita ao amigo - e passado a carta, e o montante a ser pago quando de sua morte, a um renomado e frio assassino, Lao-Shen.

Este romance, cheio de humor e aventuras, percorre o território chinês no final do século XIX, revelando aspectos culturais, religiosos e geográficos do país mais populoso do planeta.
No plano moral, encerra uma lição de amor à Vida : o dinheiro tem um preço certo, mas os valores espirituais do homem - o livre arbítrio, a paz interior, a justiça, o Amor - são imensuráveis.

As Atribulações De Um Chinês Na China - Les tribulations D'un Chinois en Chine

Próxima obra a ser lançada: Dois anos de férias.

2 comentários:

Carlos Patrício disse...

Gosto muito desse livro; é uma aventura interessante e muito bem contada. A edição bilíngue é genial.

Abdalan disse...

Olá, meus caros.

Também apreciei muito a leitura desse livro. O contexto histórico é também elucidador. Veja que quando Verne estava escrevendo, a França estava ocupando vários espaços na Indo‐China. Ainda que ele não falasse outras línguas ou tivesse viajado para o oriente, eis uma descrição fiel dos hábitos desse povo.

Dá quase para ouvir a 'Tankadère' (expressão usada em um contexto completamente novo em relação a Le Tour du Monde...) cantando a canção de amor cuja letra ele havia composto anos antes e publicado no 'Rimes et Mélodies' (1863); tomei a liberdade de fazer ajustes na tradução.

Vejam que a ideia original de Verne era chamar o livro 'O Assassino Voluntário' ou algo do gênero, mas o editor o dissuadiu da proposta, e inclusive do tema, o qual poderia provocar fúria nas autoridades Católicas: eis então a razão de transferir o enredo para China, que não é de tradição cristã.

Outros títulos foram pensados para o livro (aqui traduzidos): 'O Chinês', 'Shen‐Fou', 'A Desfortuna de um Chinês Muito Afortunado'... Mesmo o filho do editor deu sugestões sobre o desfecho as quais foram defendidas pelo pai sem mencionar a fonte, claro. Ótimo livro, enfim.

Recomendo dessa vez, uma viagem com um bando de jovens para um lugar onde a aventura, o descobrimento, a emoção estão presentes em cada página.

http://pt.scribd.com/doc/68026166/Dois-Anos-de-Ferias-Deux-Ans-de-Vacances

Me despeço dizendo que foi ótimo ler livros (alguns várias vezes) desse autor que agora também admiro tanto. Eu tinha inicialmente interesse apenas na língua, tradução e outras aventuras menos emocionantes, mas meu lucro foi bem maior. Prazer conhecer Verne, prazer conhecê-los.

Abdalan

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...