domingo, 28 de agosto de 2011

'Around the World... ' - Centro da Terra (Entrada em Portugal)

Desde 2008, aquando da sua volta ao Mundo em pouco mais de 80 dias, que o nosso livro tem visitado outras belas cidades e locais que não entraram no trajecto da sua viagem.

Mas, como nos mostrou Lidenbrock, o seu sobrinho Axel e o amigo Hans, há também outros locais no nosso planeta que merecem ser visitados apesar do grande público os desconhecer. Engane-se que pensa que alguns desses locais se encontram em áreas remotas, de difícil acesso, e/ou com grandes custos económicos. E se eu lhe disser que esses belos locais se encontram mais perto do que julga, quem sabe sob os seus pés?

Acompanhe-nos nesta magnífica viagem do livro... ao centro da Terra!

Em pleno coração de Portugal, na progressiva vila de Mira de Aire, apenas a 15Km de Fátima, encontra-se a entrada para um mundo de maravilhas subterrâneas, um espectáculo de sonho e grandiosidade.


Descoberta em 1947, os primeiros homens a entrar na gruta lançaram cordas grossas e, a pulso, desceram até uma pequena galeria. Avançando duas dezenas de metros, encontraram-se como que numa janela aberta sobre um precipício. O que existia em frente, a fraca luz do gasómetro não permitia ver com clareza. Algo como uma grande sala envolta na mais completa escuridão, fazia ecoar as suas vozes e o barulho das pedras que atiravam.


No entanto, só em 1971 é que, vencendo os obstáculos naturais, abrindo túneis, saltando precipícios, dando luz e som à beleza inanimada, se pôde oferecer a rota deslumbrante do mundo das estalactites.


Depois de serpentear por centenas de metros, revelam-se estranhas e variadíssimas formações calcáreas como também um regato, cujas águas saltitantes desaguam num lago subterrâneo.

video

Após anos de exploração, que ainda continua nos dias de hoje, esta Gruta faz parte de um grande sistema de galerias com mais de 11 Km.


Descidos mais de 680 degraus, chegamos ao fim da nossa viagem pelas Grutas de Mira de Aire, eleitas em 2010 como uma das 7 maravilhas naturais de Portugal.

E agora?
Depois de uma volta ao mundo e uma ida ao centro da Terra, qual será a próxima viagem do nosso livro?


Ir à Lua? Não, não.
Pensemos já numa ida a Marte!!!

4 comentários:

Carlos Patrício disse...

Esse livro o próprio Verne invejaria. E assinaria com prazer em suas páginas uma dedicatória a todos os aventureiros do Mundo.

Frederico J. disse...

Por falar em Verne, gostaria que um dia o livro visitasse a última morada do mestre. E já está combinado, caro Carlos, você é que o vai levar lá;)

Carlos Patrício disse...

Excelente ideia, meu amigo.
E que honra lembrar do meu nome... muito obrigado, Fred.
Vamos sim, é um compromisso.

Nuno disse...

Eu estive ai com a escola, foi muito giro mesmo, mas o guia nao fez referencia alguma com as parecenças que essas grutas tem com o livro Viagem ao Centro da Terra -.-

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...