quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

'20,000 Leagues Under The Sea: Captain Nemo' será produzido este ano

dois anos especulava-se que a New Line Cinema, por Sam Raimi, realizaria uma nova versão de 20.000 léguas submarinas. O tempo passou, o estúdio foi incorporado pela Warner Bros., e agora quem se adiantou a adaptar o clássico - cujos direitos são de domínio público - foi a Walt Disney Pictures.

McG, realizador (Br: diretor) do Terminator: Salvation, dirigirá 20,000 Leagues Under The Sea: Captain Nemo, informou a Variety. McG receberá US$ 8 milhões para comandar a aventura mais 7% da bilheteira.

A trama, escrita por Bill Marsilli (Dèjá Vu), será uma prequela de 20.000 Léguas Submarinas (1954), primeira longa-metragem em live-action produzido pela própria Disney.

O novo filme irá focar-se nos primórdios da vida aventureira de Capitão Nemo, nomeadamente no período em que ele constrói o seu fantástico submarino Nautilus - personagens criados por Jules Verne. A aventura original, com James Mason no papel de Nemo, a contracenar com Kirk Douglas e Peter Lorre, e realizado por Richard Fleisher em 1954, foi um enorme sucesso tendo ganho dois Oscars: Melhor Direcção de Arte e Efeitos Especiais.

20,000 Leagues Under The Sea: Captain Nemo será produzido por Sean Bailey e a Disney pretende concluir o filme ainda este ano. Terá estreia a sua estreia nos meados de 2010.

Fonte: Variety

3 comentários:

Bertiza disse...

Interessante... por que será que não fazem um filme que siga fielmente a história do romance? Acho que as probabilidades de sair uma coisa boa de verdade seriam maiores. Você já assistiu o filme de 54, Frederico? Acha-o bom?

Frederico J. disse...

Bertiza, sim eu tenho-o e por achar que ainda é um dos melhores filmes baseados na obra de Verne (apesar de não ser 100% fiel), penso que não é necessário um remake. Lembre-se que poderia vir algo muito pior como o remake de A Volta ao Mundo em 80 dias com Jackie Chan.

E a Disney sendo a mesma distribuidora, não quer substituir a sua "obra-prima" e por isso optou por uma pequela.

Era engraçado se Kirk Douglas entrasse a fazer, por exemplo, de pai (ou avô) da sua personagem de 54, Ned Land.

Bertiza disse...

Olá, Frederico,

:) desculpa, esqueci de dizer que sou o Flambeau... estava comentando com a minha conta do Blogger, onde meu pseudônimo é na verdade um anagrama do meu nome.

Quase todo mundo diz que o filme da Disney é bom... Eu não o vi ainda, mas tenho uma certa simpatia para com ele, mesmo sendo diferente do original. Sem dúvida é porque o meu primeiro contato com a história foi um livro infantil baseado nesse filme.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...