quinta-feira, 7 de julho de 2011

Jogos baseados na obra de J. Verne

Como temos visto nos últimos tempos, e mais se reserva para o futuro como anunciámos no nosso blogue, o escritor francês e as suas obras continuam a servir de inspiração para a produção de filmes em Hollywood, 106 anos depois da sua morte. Esta inspiração tem-se notado não só no cinema como também nos mais variados campos como na moda, no Carnaval, no teatro, ..., e especialmente na tecnologia, principalmente nos jogos de computador.

Tudo começou em 1987 com o lançamento de In 80 Days Around the World (Amiga, Atari ST, Commodore 64) e Journey to the Center of the Earth (Amiga, Atari ST, Commodore 64, DOS). 20,000 Leagues Under the Sea (Amiga, Amstrad CPC, Atari ST, DOS) em 1988 e, no ano seguinte, Viaje Al Centro De La Tierra (Amiga, Amstrad CPC, Atari ST, DOS, MSX, ZX Spectrum). Caso queira ver as imagens dos vários jogos, clique no link de cada um e aceda a MobyGames.com.

Já no novo milénio, em 2002, a Microïds anunciou, em exclusivo para Windows, uma aventura intemporal onde se explora cada recanto do Nautilus e se vive a fantástica história do Capitão Nemo. O enredo original do jogo The Secret of the Nautilus é baseado na mais famosa obra de J. Verne, 20000 léguas submarinas, e oferece detalhes anteriormente desconhecidos sobre o Capitão Nemo, como, por exemplo, a sua morte, e as origens do Nautilus. Tem uma atmosfera de fantasia potenciada por gráficos inspirados nas gravuras do século XIX e pela presença dos ícones principais do livro: o Nautilus, Nemo, o polvo gigante, etc...

No ano seguinte, é a vez da Frogwares lançar Journey to the Center of the Earth, cujo enredo tem lugar no ano de 2005 onde uma jovem jornalista cai numa enorme fenda no chão depois de um vulcão entrar em erupção na Islândia. Quando acorda, fica surpresa ao verificar que está numa linda praia com apenas um aspecto curioso… está no interior da Terra. Objectos estranhos, pessoas que não se sabe de onde vieram, tudo faz parte de um mundo cujo futuro está em perigo. A excitação toma conta do nosso espírito jornalístico na projecção de um furo fantástico.

Em 2003, a Microïds volta e anuncia, não só para Windows como também para iPad, iPhone, Macintosh, Symbian, e Windows Mobile, aquele que viria a ser, para mim, o melhor jogo baseado numa obra de J. Verne. Em Return to Mysterious Island, a personagem Mina velejava numa expedição, porém, o seu navio naufraga e ela fica presa numa ilha desconhecida e cheia de mistérios. Verifica então que se encontra na Ilha Lincoln que em tempos foi o refúgio do Capitão Nemo e dos náufragos de A Ilha Misteriosa (ver aqui as semelhanças e diferenças visuais entre o jogo e a obra de Verne).

Alternando com a Microïds, a Frogwares volta dois anos depois com o jogo 80 Days, baseado em A volta ao Mundo em 80 dias. Corre o ano de 1899 e o jovem lorde Oliver Lavisheart aceita ajudar o seu tio a ganhar uma aposta ao percorrer o mundo em 80 dias e recolher provas que o seu tio criou quatro invenções revolucionárias em quatro cidades diferentes. A partir daqui começa uma estranha aventura onde teremos que ajudar um arqueólogo alemão, prestar assistência a uma actriz indiana de Bollywood, ganhar uma corrida de elefantes, pilotar o maior aparelho voador de sempre, enganar um samurai e muitas mais peripécias.

A Microïds regressa dois anos depois do aclamado Return to Mysterious Island com Journey to the Moon, conhecido também por Voyage: Inspired by Jules Verne, uma nova aventura inspirada pelas obras Da Terra à Lua e À Volta da Lua. Assuma o papel do excêntrico Michael Ardan e parta no Columbiad  à conquista do lado mais longínquo da Lua. Neste misterioso planeta, explore as ruínas de um templo abandonado e testemunhe eventos maravilhosos...

Em 2008, aquando do lançamento do filme com Bredan Fraser, sai para a Nintendo DS o seu jogo homónimo, Journey to the center of the Earth. Encurralado numa misteriosa cave, jogue como Trevor, Sean ou Hannah para explorar mundos exóticos, navegar ao longo de encostas rochosas, conduzir um vagão mineiro, navegar num rio tumultuoso e encontrar criaturas aterradoras enquanto tenta encontrar uma passagem para a superfície da terra.

No mesmo ano é lançado o jogo espanhol, La vuelta al mundo en 80 días, o primeiro e único jogo em tabuleiro baseado numa obra de Verne traduzido para português. A distribuidora Devir, que esteve encarregue da tradução, apresenta-nos um jogo onde, tal como na famosa obra homónima, também os jogadores fizeram uma aposta num clube de Londres,no início do século XX: quem seria capaz de dar a volta ao mundo em menos de 80 dias? O sucesso depende de quão bem os jogadores conseguem utilizar os comboios e navios disponíveis para viajarem até outros destinos no momento certo. Ocasionalmente, um balão poderá ser o meio de transporte mais rápido. Infelizmente, um detective ambicioso irá complicar as vidas de todos os viajantes cujos caminhos consiga cruzar. Por vezes, eventos esporádicos darão origem a oportunidades inesperadas. No final da partida, o jogador que tiver regressado a Londres no menor número de dias será o vencedor.

Publicado, em 2009, inicialmente em francês pela editora francesa Anuman, surge em inglês pela Bounty, 20,000 Leagues Under the Sea: Captain Nemo. Lá, Professor Pierre Aronnax, o seu assistente Conseil, e o arpoador Ned Land, foram capturados pelo Captain Nemo que viaja através dos oceanos no seu famoso Nautilus. Apesar de estarem impressionados pela beleza do submarino, os nossos três amigos esperam escapar e regressar às suas vidas. Ajude-os a escapar do Nautilus, num divertido jogo de objectos escondidos!

No mesmo ano, os mesmos distribuidores lançam em francês e inglês Around the World in Eighty Days: The Challenge, um jogo do mesmo tipo do anterior onde a viagem de Phileas Fogg não será fácil. Para ganhar a aposta, terá que ser corajoso, observar calmamente tudo à sua volta e ser bastante esperto! Elude as armadilhas de Fix, salve uma indiana viúva, encontre a sua rota na selva, e durante as longas viagens prove aos seus oponentes que domina o jogo de cartas!

Depois do imenso sucesso do primeiro jogo, e a pedido dos fãs, a Microïds produz a sequela do Return to Mysterious Island 2. A história segue os acontecimentos do primeiro jogo, com uma tentativa falhada de fuga da ilha. Novamente desenrolado na primeira pessoa, o jogador controla Mina mas também Jep, um macaco que no anterior apenas servia como ajuda em algumas situações. Agora teremos não só de tentar sobreviver e escapar da ilha como também de a salvar de um desastre ambiental. Embora seja um jogo em tudo semelhante ao original, este traz duas inovações para a época actual. A primeira é a sincronização com o iPhone, que nos permite resolver um enigma em qualquer lugar e consequentemente passar o save para o PC e continuar assim a aventura. A outra inovação é a conectividade entre jogadores, que podem assim trocar impressões ou ajudas para solucionar os puzzles.

Mais recentemente, os famosos portais Big Fish Games e IWin, têm lançado, desde 2009, uma saga de jogos baseados em diversas obras vernianas.

Disponível para download gratuito (esta versão é free mas tem publicidade que é aberta antes do jogo começar e que sugiro não clicar. Poderão comprar o jogo sem publicidade mas com custo em buy now, também no lado esquerdo da página no IWin), encontra-se o jogo de grande sucesso inspirado na obra homónima de J. Verne, Around the World in 80 days. Junte as peças em grupos de três ou mais numa espectacular aventura em terra, água e ar nos quatro continentes. Ninguém acredita que o inglês Phileas Fogg e o seu leal criado Passepartout conseguem dar a volta ao mundo em 80 dias. Prove que é possível fazê-la nos mais de 80 níveis de um puzzle espectacular! Feito com uma fabulosa storyline, magníficos gráficos full-screen, e com um animado screensaver como bónus, o jogo é uma viagem de primeira classe!

Um outro jogo baseado na obra passada em território brasileiro, La Jangada, está também disponível para download gratuito mas com publicidade, (ver aviso no jogo anterior). Começa com Minha em viagem com a sua família através do rio Amazonas com destino ao Brasil onde se vai casar com Manuel Valdez. O pai de Minha, Joam, ainda é assombrado pelo seu passado negro no Brasil, onde ele foi falsamente acusado de assassinato. Um canalha chamado Torres oferece a Joam uma prova absoluta da sua inocência, mas em troca ele quer casar com Minha! Quando Joam recusa, Torres relata a sua chegada no Brasil à polícia e é preso. Será que Minha vai encontrar provas para salvar o seu pai da forca? Ou será que ela vai desistir perante o plano maligno de Torres? Descubra os objectos escondidos que poderão levar à inocência do pai de Minha.

Este mês, aparece novamente o Capitão Nemo e o seu Nautilus numa aventura de procura de objectos! Siga as pistas e dicas deixadas pelo próprio Capitão Nemo, e descubra o local onde repousa o legendário submarino. Aí, tente entrar no monstro de ferro e procure pelo tão desejado tesouro de Nemo! Explore as magníficas cenas, resolva os mais difíceis puzzles em Nemo's secret: The Nautilus.

Cá ficamos à espera de mais jogos baseados na obra de J. Verne! No entanto, se acha que nos esquecemos de algum, entre em contacto que nós cá o colocaremos.

1 comentário:

Passepartout disse...

Extraordinaire ! Quel travail ! Bravissimo !

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...