domingo, 15 de novembro de 2009

Afinal Verne sempre tinha razão...

Ontem chegou até nós a informação que a NASA tinha "bombardeado" a Lua com uma sonda para que esta pudesse descobrir água.
E não é que descobriu quantidades significativas de moléculas de água congelada (neve) nos pólos?? Mas, para quê gastar tantos dólares se Verne, no capítulo XVII de "À volta da Lua", já o tinha dito?

"Às seis horas da tarde passou o projéctil pelo pólo sul a menos de 70 quilómetros de distância. (...) - São neves! exclamou Barbicane. - Neves? repetiu Nicholl - Sim, Nicholl. Neves cuja superfície está profundamente gelada. Vede como reflectem os raios luminosos. Lavas arrefecidas não podiam dar tão imensa reflexão. Portanto, há ar, há água na Lua. Pouca, se quiserem. O facto em si, porém, ninguém o pode contestar!"

O nosso obrigado a J. Passepartout que nos relembrou este excerto.

1 comentário:

Carlos Patrício disse...

Ponto para Verne. De novo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...